Internacional

DONALD TRUMP

Trump ameaça Rússia e promete lançar mísseis na Síria

Nesta quarta-feira (11), o presidente dos Estados Unidos Donald Trump ameaçou a Rússia nas suas redes sociais. Após o regime Sírio ser acusado de organizar um ataque com armas químicas a Guta Oriental e matar dezenas de pessoas, Trump fez declarações dizendo que a Rússia devia se preparar, pois os mísseis estão chegando "bons, novos e espertos".

quarta-feira 11 de abril| Edição do dia

O presidente dos Estados Unidos não amenizou as ameaças. Além de falar que os mísseis estavam chegando, ele afirmou que a relação entre seu país com a Rússia nunca esteve pior, nem mesmo na Guerra Fria, e colocou que deveriam acabar com a corrida armamentista. Em contrapartida, a porta-voz do ministério de relações exteriores Russo que sim, seria uma "grande ideia" parar com a corrida armamentista, começando pelas armas químicas que os americanos estão usando.

Trump não deixou explícito que seriam mísseis dos Estados Unidos que chegariam, mas já havia ameaçado retribuição militar anteriormente, quando houve outro ataque com arma química em Duma, sábado (7). O governo sírio e a Rússia, sua aliada, afirmaram que não houve uso de arma química. Além disso, o ministério de relações exteriores declarou que "mísseis espertos deveriam voar sobre terroristas, não sobre governos legais", sendo os terroristas, nesse caso, os grupos rebeldes que tentam derrubar Bashar Al-Assad.

O ministério de relações exteriores da Síria acusou Trump de usar "invenções e mentiras" para atacar o território, e falou que os americanos financiaram o terrorismo e ainda fazem isso. Diante disso tudo, faz-se mais que necessário que aprofundemos os debates sobre esse assunto pois nenhum bombardeio pode ajudar os sírios, ou os afegãos.




Tópicos relacionados

Donald Trump   /    Síria   /    Rússia   /    Internacional

Comentários

Comentar