×

Trabalho infantil no RS | Trabalho infantil quase triplica durante a pandemia em Porto Alegre

Pesquisa levantou dados de crianças em situação de trabalho infantil em 2020 e comparou com levantamentos do ano de 2019

sexta-feira 24 de setembro | Edição do dia

Foto: Reprodução/Diário Popular

A fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc) realizou um estudo onde constata uma estatística alarmante referente ao trabalho infantil em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul. O número de crianças vulnerabilizadas que estão realizando trabalho infantil quase triplicou em 2020 (período de estopim da crise sanitária da covid-19) em comparação ao ano anterior, 2019. De acordo com os dados divulgados na última quinta-feira (23), os novos casos, na capital, passaram de 120 para 334 no ano.

A pesquisa referente ao ano de 2021 ainda não está completa, mas já registra uma situação gravíssima, com 126 novos casos só nos três primeiros meses. Ao todo, existem 625 crianças e adolescentes monitoradas em situação de trabalho infantil.

Veja também:

SALTO DE 2019 PARA 2020 - Acidentes de trabalho envolvendo crianças cresce 30% e bate recordes no Brasil de Bolsonaro

Da bancada evangélica - Deputado bolsonarista usa vitória de Rayssa para defender trabalho infantil e rever ECA

TRABALHO INFANTIL - Miséria capitalista fez trabalho infantil atingir 160 milhões de pessoas no mundo em 2020

Evasão escolar - Na pandemia, aumenta o número de alunas que trocam os estudos pelo trabalho doméstico

Essa face mais brutal do colapso social agravado com a pandemia foi elevado a maiores patamares devido perda de empregos e rendas pelas famílias, o alto índice de desemprego e o alto custo de vida, não somente em Porto Alegre, mas no país inteiro, com a crise financeira e a alta inflação promovidas pelo governo Bolsonaro, com seus aliados e representantes, como Leite e Melo, e sua condução durante a crise. Tudo isso, também se soma ao fechamento das escolas e demais espaços de acolhimento, que ocorreram durante a agudização da crise da doença.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias