Mundo Operário

LUTA CONTRA AS DEMISSÕES

Trabalhadores da USP panfletam moção em solidariedade aos trabalhadores da Meritor/Osasco

sábado 23 de maio de 2015| Edição do dia

O Conselho Diretor de Base dos Sintusp aprovou em 19 de maio, uma panfletagem na fábrica Meritor que, como o noticiado aqui, demitiu no início de maio 240 trabalhadores. A moção de repúdio, aprovada pela diretoria, foi panfletada ontem, dia 22 de maio, por trabalhadores da USP.

Neste atual momento de crise econômica nacional, lay-offs e demissões na indústria automobilística, greve na educação e anúncios de ataques vindos dos governos estaduais e federal, ações de solidariedade como esta, são fortalezas para a classe trabalhadora.

Abaixo a reprodução da moção distribuída hoje:

Moção de repúdio às demissões na Meritor

O Sindicato dos Trabalhadores da USP vem manifestar completo repudio à demissão de 240 trabalhadores na autopeças Meritor, em Osasco. Sabemos que em todo o país a indústria automobilística é um dos setores da economia que mais tem alegado os efeitos do aprofundamento da crise econômica e, frente à queda nas vendas, montadoras e auto-peças vêm tentando descarregar os prejuízos nas costas dos metalúrgicos através de férias coletivas, lay-off, demissões e retirada de direitos trabalhistas para manter suas altíssimas taxas de lucro. Com esta demissão em massa a Meritor deixa 240 trabalhadores e suas famílias inteiras na trágica incerteza do desemprego.

Não aceitamos a chantagem dos patrões e nos colocamos em solidariedade ativa aos trabalhadores contra as demissões. Só a auto-organização e a luta dos trabalhadores poderá reverter as demissões massivas e a retirada de direitos trabalhistas que as empresas e os governos estão realizando frente à crise econômica instalada no país. O trabalho é um direito, condição elementar para a sobrevivência, e quem deve pagar as consequências da redução da produção são os patrões, não os trabalhadores. Se a produção baixou, dividam as horas de trabalho necessárias entre todos, sem reduzir os salários, para evitar qualquer demissão. Manifestamos todo apoio aos trabalhadores da Meritor e demais metalúrgicos que enfrentam um período de muitos ataques e importantes lutas.

Abaixo as demissões!

Divisão das horas de trabalho entre todos!

Diretoria Colegiada Plena do Sintusp




Tópicos relacionados

Greve na Mecano Fabril   /    USP   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar