Economia

CRISE

Terremoto da propina de Temer atinge o dólar e a bolsa

quinta-feira 18 de maio| Edição do dia

O terremoto da delação da JBS atingiu em cheio Temer, colocando em xeque o andamento das reformas trabalhista e da previdência. Com as indefinições para os negócios que esperavam esse aumento na taxa de exploração as bolsas se prepararam para cair acentuadamente, e o dólar dispara.

Ao cair 10% em relação ao pregão do dia anterior todas movimentações são suspensas por 30 minutos. Caso alcance 15% a queda o pregão é suspenso por outra hora e se passar dos 20% a bolsa é fechada por tempo indeterminado.

Enquanto isso o dólar subia fortemente frente ao real. mais de 5%, alcançando R$ 3,31.

Esta notícia será desenvolvida conforme novos fatos.




Tópicos relacionados

Economia

Comentários

Comentar