Negr@s

TERCEIRIZAÇÃO NO METRÔ

"Somos ‘jogados’ na bilheteria", denuncia nova funcionária terceirizada do Metrô de SP

"Além de termos o salário bem abaixo do que os funcionários concursados, não temos treinamento, somos ‘’jogados’’ na bilheteria e temos que nos virar nos trinta(..)", denunciam os funcionários

quarta-feira 1º de novembro| Edição do dia

Funcionários recém contratados pela nova empresa terceirizada para as bilheterias da linha 5-Lilás denunciaram a falta de treinamento para exercer a função de vendedor de bilhetes, um cargo que até dois meses atrás era feito por efetivos concursados do Metrô, que envolve diversos procedimentos operacionais e que, qualquer erro, quem paga é o funcionário.

O avanço do processo de privatização do metrô de São Paulo conta com a Lei de terceirização irrestrita para garantir que os grandes empresários consigam extrair o máximo de lucro dos seus investimentos, e para isso estão dispostos até a colocar funcionários sem treinamento para assumir as funções de um dia para o outro.

Além de serem terceirizados, com um salário menor comparado aos concursados que antes exerciam a mesma função, com menos direitos, menos benefícios, ainda são "jogados" nos postos de trabalho sem treinamento algum e muitos sofrem diversos descontos em seu salário devido a erros causados pela falta de experiência com os procedimentos como fechamento de caixa e envide malotes.

"Fomos contratados por uma empresa após uma rápida entrevista e uma prova teórica fácil, após entrevista fomos informados do salário e benefícios, e ao questionarmos sobre um possível treinamento, tendo em vista que até então iríamos lidar diretamente com dinheiro, na prestação de contas imaginávamos pelo menos algum dia para nos preparamos para tal. No entanto apenas fomos informados o local de trabalho, horário e lá fomos, ainda fomos impedidos de ter contato com funcionários do Metrô que ficariam responsáveis pela SSO e catracas para dentro, sem ao mesmo poder tirar qualquer tipo de dúvida com aqueles que até então realizavam essa atividade nas bilheterias das estações da linha 5- lilás."

"Além de termos o salário bem abaixo do que os funcionários concursados, não temos treinamento, somos ‘’jogados’’ na bilheteria e temos que nos virar nos trinta, já tive descontos do meu salário por preenchimento errado, além de perda de benefício. A dificuldade em ter um emprego era grande, mas estou à procura de um novo, tendo em vista que enquanto a gestão for feita desta forma, o prejudicado será sempre o funcionário."

A terceirização, que durante o governo do PT saltou de 4mi para 12mi de cargos no Brasil, vem pra aprofundar a precarização do trabalho e colocar os trabalhadores, principalmente as mulheres, os negros e negras, nos piores postos de trabalho, fazendo com que trabalhem mais horas, recebam menos e tenham menos diretos, além de sofrer um assédio moral constante dos patrões com risco de serem "transferidos" de posto a qualquer momento e por qualquer razão, além de ter menos estabilidade no emprego, podendo cotidianamente serem demitidos. Denúncias como essa também escancaram a divisão imposta pela patronal de dividir os trabalhadores, onde os funcionários terceirizados são impedidos de sequer tirar dúvidas com os efetivos.

Por melhor qualidade de atendimento aos usuários do Metrô de SP, conta a precarização ainda maior do trabalho e dos transportes na cidade e contra a divisão imposta pela patronal dos trabalhadores que somente os enfraquece, devemos lutar contra a privatização, a terceirização, pela efetivação imediata de todos os trabalhadores terceirizados sem a necessidade de concurso (com treinamento adequado, mesmo salário dos funcionários efetivos e devidos adicionais como risco de vida e quebra de caixa), assim como temos que lutar pelo retorno dos funcionários efetivos do Metrô às bilheterias, pois os mesmos hoje sofreram diversas perdas de adicionais importantes (como adicional risco de vida e quebra de caixa) com a terceirização das bilheterias na Linha 5-Lilás. Pela unidade entre efetivos e terceirizados contra a privatização do Metrô de SP!

Denúncias retiradas do site Noticiando.net




Tópicos relacionados

Terceirização   /    Metrô   /    Negr@s   /    Política   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar