×

Encontro Campinas | Servidores estaduais venham com o Esquerda Diário lutar contra a Reforma Administrativa de Doria

Na calada da noite do dia 19 de outubro, 4 dias depois do Dia do Professor, PSDB, bolsonaristas e toda a direita asquerosa aprovou um enorme ataque aos servidores paulistas. Essa é a ‘reforma administrativa’ de Dória, que quer se passar como 3ª via enquanto Bolsonaro continua afundando o país na fome, miséria e desemprego.

quarta-feira 27 de outubro | Edição do dia

Esse ataque abre espaço para demissão de servidores, acaba com faltas abonadas, e permite a contratação de fura-greves, através de contratos temporários, quando as categorias se mobilizarem, entre outros ataques.

Dória utiliza desse ataque como parte da campanha eleitoral de 2022 para mostrar uma vez mais para a burguesia que pode passar mais ataques e ajustes contra os trabalhadores e a população. O inimigo desta vez é o servidor público de todos os ramos e atividades. Enfermeiros, professores e funcionários administrativos. Através da retórica de combate aos privilégios e eficiência da máquina pública, Dória, ataca os profissionais que garantem serviços essenciais para a população precarizando ainda mais os serviços.

Estes que Dória e os políticos da ALESP elegeram como inimigos são os servidores que deram seu sangue e suas vidas em hospitais lotados para darem conta de atender a todos doentes durante a pandemia. São servidores que se dedicaram a educar crianças durante a pandemia. Por sua vez, os verdadeiros privilegiados, os políticos, militares e juízes, o alto escalão do Estado, continuam com suas regalias e governando para os empresários.

Nesse marco, o sindicato, que é dirigido pelo PT e PCdoB busca saídas pela justiça burguesa, a mesma que passa diversos ataques, ou saídas eleitorais que não colocam em cena a força dos trabalhadores a frente para derrotar os ataques, e não organiza com todas as forças os setores que sofrem com os ataques do Dória, e o que desmobiliza a luta dos trabalhadores.

Viemos debatendo com a estratégia de pressão parlamentar da CUT que já se mostrou falida, e ainda mais, querem desmobilizar os atos Fora Bolsonaro em função disso. Bolsonaro e Dória estão unificados para atacar os trabalhadores e fazerem demagogia sobre privilegiados enquanto eles são os verdadeiros privilegiados.

Por isso o Esquerda Diário Campinas convida todos os trabalhadores a se mobilizarem para que não tenhamos direitos como saúde e educação ainda mais atacados. Convidamos todos para que sigam conosco nas lutas e para o Encontro do Esquerda Diário Campinas dia 30 de outubro, pois se os governos e patrões estão unificados para nos atacar, devemos nos unificar também!




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias