Cultura

ATAQUE A MEMORIA

Secretário de Alckmin ordena retirada do busto de Lamarca em Museu de Parque Estadual

Alegando que o busto estaria “plantando o comunismo no coração das crianças”, Ricardo Salles, secretário de Alckmin e um dos fundadores do Movimento Endireita Brasil ordena retirada do patrimônio histórico do parque estadual.

sexta-feira 11 de agosto| Edição do dia

Durante visita ao Parque Estadual Rio Turvo, na região do Vale do Ribeira, na terça-feira (8), o secretário estadual do Meio Ambiente de São Paulo, Ricardo Salles, ordenou a retirada do busto do guerrilheiro Carlos Lamarca dessa unidade de conservação.

Segundo matéria, o secretário afirmou aos funcionários do parque que o material exposto estaria plantando o comunismo no coração das crianças e após ser questionado pela reportagem se tal ordem não seria uma forma de prejuízo para o patrimônio histórico e cultural, o mesmo, por meio de sua assessoria de imprensa, respondeu que é inadmissível a presença de um busto no local, pois se trata de um guerrilheiro que matou diversas pessoas e que há diferença entre narrar fatos a erguer bustos com dinheiro público em um parque público.

Para Lisângela Kati do Nascimento, Doutora em ensino em geografia pela USP, afirmou que a presença de Lamarca na região faz parte da história do Vale do Ribeira e do Brasil e que esta ordem de retirada do busto significa querer apagar sua presença na história da região.

Para nos situarmos na história, Carlos Lamarca foi um dos líderes da Vanguarda Popular Revolucionária (VPR), organização que combateu a ditadura militar, e que organizou um foco guerrilheiro no Vale do Ribeira e liderou em 1970 o sequestro do embaixador suíço Giovanni Bucher, no Rio de Janeiro, em troca da libertação de 70 presos políticos. Acabou sendo morto em uma operação por militares no interior da Bahia em 17 de setembro de 1971.

E vale complementar que a justificativa do secretário tem muita relação com seu posicionamento político, já que ele e seu secretário-adjunto, Antonio Velloso Carneiro, são advogados, amigos e fundadores do Movimento Endireita Brasil.




Tópicos relacionados

Golpe militar   /    Alckmin   /    Ditadura militar   /    Cultura

Comentários

Comentar