Política

ELEIÇÕES 2018: CIRO GOMES

STF arquiva inquérito contra Kátia Abreu, vice de Ciro

quarta-feira 12 de setembro| Edição do dia

A 2ª Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) arquivou nesta terça feira (11/09) inquérito que tem como alvo a candidata a vice-presidente na chapa de Ciro Gomes (PDT), Kátia Abreu (PDT). A senadora respondia inquérito que apurava o pagamento de R$ 750 mil pela Odebrecht à sua campanha eleitoral em 2014, segundo delações de ex-executivos da empreiteira.

O arquivamento foi definido por 3 votos a 1. O ministro relator da Lava Jato na Corte, Edson Fachin, foi o único a votar pela continuidade das investigações. Votaram pelo arquivamento o relator, Gilmar Mendes, e os ministros Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski.

O inquérito agora arquivado é mais um elemento que caracteriza Kátia Abreu como uma autêntica representante da política burguesa. Além de estar associada a esquemas de corrupção, Kátia é representante direta do agronegócio, tendo o apelido de "Moto serra de ouro".

A escolha de Ciro por ela como vice é justamente uma tentativa de angariar apoio político desses setores burgueses ao seu projeto de conciliação. Não a toa que em una das suas primeiras declarações como vice, Kátia contradisse a posição de Ciro em relação a reforma trabalhista, afirmando que "é mito que ele é contra a reforma trabalhista".

Ver mais: Ciro Gomes não é nenhuma alternativa para enfrentar a direita golpista




Tópicos relacionados

Ciro Gomes   /    Eleições 2018   /    Política

Comentários

Comentar