Mundo Operário

SINTUSP

SINTUSP convoca grande ato pelo direito de organização sindical

A assembleia dos trabalhadores da USP ocorrida na tarde dessa quarta, 11, aprovou a realização de um grande ato #SintuspFica no próximo dia 19, que contará com a presença de intelectuais, parlamentares, movimentos sociais e sindicatos, todos em apoio ao SINTUSP contra a ordem da reitoria de desocupação da sede histórica do sindicato e pelo direito democrático de organização sindical dos trabalhadores.

quinta-feira 12 de janeiro| Edição do dia

A manifestação ocorrerá na sede do sindicato às 12h30. Confira abaixo o chamado ao ato feito pelo SINTUSP no evento de convocatória.

"A reitoria da Universidade de São Paulo deu ordem para que o Sindicato dos Trabalhadores da USP desocupe o espaço que abriga a sua sede e a organização dos trabalhadores há 50 anos. O fez sem qualquer diálogo, e não apresentou nenhuma proposta de alternativa. Sua única justificativa, o interesse da Escola de Comunicações e Artes, foi desmentida pela congregação desta escola. Conseguiu na justiça uma liminar de reintegração de posse, com autorização do uso de força policial. Foi além, cercando de grades o espaço - que também abriga entidades dos estudantes -, violando a autonomia sindical, e efetivamente impedindo o acesso de veículos. Tudo isso com o apoio da Polícia Militar de Alckmin, ostentando metralhadoras na porta do sindicato. O objetivo do reitor Marco Antônio Zago é confesso: em entrevista declarou que "É preciso abandonar a dinâmica de sindicalismo na vida universitária".

Trata-se de um claro atentado ao direito de organização sindical dos trabalhadores da USP. Uma conduta evidentemente antissindical, que abre grave precedente contra essas liberdades democráticas dos trabalhadores de todo o país. Por isso, chamamos todas e todos ao grande ato contra a ameaça de reintegração de posse e o cercamento do Sintusp, em defesa do direito de organização sindical e dos espaços estudantis."




Tópicos relacionados

#SintuspFICA   /    SINTUSP   /    USP   /    São Paulo (capital)   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar