Mundo Operário

APOIO À OCUPAÇÃO

SINTUSP apoia ocupação da MABE e chama arrecadação de alimentos

terça-feira 16 de fevereiro de 2016| Edição do dia

O Sindicato dos Trabalhadores da USP declarou apoio à ocupação de fábrica pelos trabalhadores da MABE de Campinas e Hortolândia e se tornou um posto de arrecadação de alimentos para os trabalhadores em ocupação e suas famílias. Veja abaixo:

"Hoje, 15/2, os trablhadores da MABE, em assembleia do Sindicato dos Metalúrgicos de Campinas, realizaram uma ocupação das plantas localizadas em Capinas e Hortolândia, qua somam quase 2 mil trabalhadores, frente ao pedido de falência da empresa.
Desde o fim do ano passado, a MABE já havia atrasado salários e direitos e demitido centenas de trabalhadores , e os trabalhadores realizaram um acampamento em frente à fábrica.

Agora essa metalúrgica, líder mundial de produção de fogões, que todo o ano envia fortuna a sua matriz no México, faz pedido de falência, frequentemente usado como medida jurídica para que outra multinacional assuma a fábrica sem se responsabilizar pelos trabalhadores, deixando-os na rua. É o caminho para o qual apontam diversas indústrias, com demissões em massa.

Por isso é preciso resistir a essas medidas com a organização dos trabalhadores, e a ocupação da fábrica é ferramenta legítima para defender os empregos, direitos, salários e condições de sobrevivência dos trabalhadores. Colocamos todo nosso apoio aos trabalhadores da MABE em ocupação para que sua luta siga até a vitória, e chamamos todos a cobri-la de solidariedade, inclusive com doações de alimentos não perecíveis para os trabalhadores em ocupação e suas famílias, que podem ser entregues na secretaria do SINTUSP, das 7h às 18h."

Diretoria Colegiada Plena do Sindicato dos Trabalhadores da Universidade de São Paulo. - 15/02/2016

Veja aqui a publicação da nota original.




Tópicos relacionados

Ocupação da Fábrica MABE   /    Vale do Paraíba   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar