Mundo Operário

RODOVIÁRIOS DO RECIFE

Rodoviários do Recife marcam greve para dia 24 contra dupla função e demissões

Após várias mobilizações, rodoviários marcam mais uma, exigindo a aplicação da lei proibindo a dupla função, retorno dos cobradores demitidos e início da campanha salarial.

quarta-feira 18 de novembro| Edição do dia

Como já viemos mostrando no Esquerda Diário, os rodoviários do Recife estão se mobilizando desde o início do ano contra a dupla função e contra as demissões, que se intensificaram na pandemia.

Recentemente, conseguiram uma vitória com a Câmara dos Vereadores do Recife aprovando um projeto que proíbe a dupla função. No entanto, mesmo com a lei sancionada, não há previsão para a implementação da lei. Frente a esse cenário e com as demissões ainda ocorrendo, os rodoviários do Recife aprovaram em reunião ontem, indicativo de greve para o dia 24. Além da implementação da lei, o movimento também pede a reversão das demissões dos cobradores e também se discutiu o início da campanha salarial.

Foram muitos rodoviários mortos por Covid, visto que não pararam em nenhum momento e também não tiveram direito a nenhum equipamento de segurança, liberação dos grupos de riscos etc e ainda por cima ônibus lotados com a redução de frotas. No entanto, os donos de empresa "presenteiam" os trabalhadores com ataques como a dupla função e demissões.

No entanto os trabalhadores também se mobilizaram contra esses ataques, atraindo contra si a ira de todos os capitalistas, como a grande mídia que criminalizou o movimento e a justiça que recentemente proibiu as manifestações de rua. Por isso nós do MRT e do Esquerda Diário repudiamos todos os ataques da direita e dos capitalistas aos rodoviários e damos o mais amplo apoio ao movimento. Esses ataques e a lentidão na implementação da lei também mostram que os trabalhadores não podem nutrir confiança no judiciário ou na Câmara dos Vereadores e podem contar apenas com as suas próprias forças.




Tópicos relacionados

Rodoviários Recife   /    Recife   /    rodoviários   /    Recife   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar