Política

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Reforma da Previdência: governo chantageia governadores ameaçando reter recursos da Caixa

quarta-feira 3 de janeiro| Edição do dia

O governo golpista de Temer não tem limites. Para atacar os direitos dos trabalhadores primeiro gastou bilhões sob a forma de emendas, para comprar o apoio à Reforma Trabalhista. Agora, o Fórum Nacional de Carreiras do Estado (Fonacate) anunciou que irá protocolar uma representação na Comissão de Ética Pública contra o secretário do Governo, Carlos Marun. A ação se deve à chantagem feita pelo governo Temer na figura de Marun, de ameaçar retenção de recursos da Caixa para obrigar os governadores a apoiar a Reforma da Previdência.

De acordo com as informações divulgadas pelo jornal Estadão, Carlos Marun havia divulgado uma nota na semana passada em que respondia aos governadores que haviam se manifestado frente à sua declaração de que o governo pressiona prefeitos e governadores a atuarem em favor da Reforma da Previdência. Em sua resposta Marun reafirma que moeda de troca seria a liberação de recursos em financiamento de bancos públicos aos estados, como os que são realizadas pela Caixa.

Em resposta sete dos nove governadores dos estados do Nordeste enviaram uma carta a Temer, afirmando que se as ameaças do ministro se concretizarem acionarão os “política e judicialmente os agentes públicos envolvidos”. Isso se motiva pelo ano eleitoral, e pela consideração do amplo rechaço existente entre os trabalhadores e o povo em relação à Reforma da Previdência. E claro, pelo rechaço também à “mudança de tática” do governo Temer que anteriormente privilegiou a compra do apoio aos seus ataques sob a forma de liberação de emendas bilionárias, para assumir agora a chantagem.

Com mais essa declaração descarada torna-se claro como os recursos nacionais que o governo Temer retira dos trabalhadores são utilizados para a aprovação de ataques, como a Reforma da Previdência. Essa é mais uma faceta dos ataques que pretende descarregar nas costas dos trabalhadores e do povo. Mais que nunca é fundamental tomar o exemplo que os trabalhadores deram na Argentina, no combate à Reforma da Previdência.

foto Alan Santos/PR - 15.12.17 - Fonte: Último Segundo




Tópicos relacionados

Carlos Marun   /    Reforma da Previdência   /    Política   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar