Mundo Operário

TRABALHO PRECÁRIO

Reforma Trabalhista permite vaga para porteiro oferecendo R$153,68

quarta-feira 31 de janeiro| Edição do dia

Com a reforma trabalhista e a lei da terceirização aprovadas, os postos de trabalho que já eram precarizados aparecem cada vez mais ridículos e com salários absurdamente baixos. Empresa de RH de Belo Horizonte divulga vaga de "porteiro intervalista" com um salário miserável de R$153,68.

O trabalho será realizado apenas uma hora por dia. Ou seja, o trabalhador faria uma jornada de cerca de 30 horas mensais e ganharia uma quantia ridícula.

Se o salário mínimo, que teve o menor reajuste em 24 anos neste ano de 2017, não cobre as despesas reais de uma família, jogando os brasileiros pra uma condição de vida completamente difícil e miserável, o salário oferecido para o tal cargo é absurdo.

O governo Temer deixou de impulsionar a fiscalização das condições de trabalho escravo, além de implementar dezenas de ataques sobre os direitos dos trabalhadores. Assim, vagas como essas, com salários miseráveis, condições de trabalho precária, e até mesmo ilegais, como por exemplo a troca de moradia e comida por trabalho, se tornam cada vez mais frequentes.




Tópicos relacionados

Trabalho Escravo   /    Reforma Trabalhista   /    Trabalho Precário   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar