Negr@s

Rafael Braga está internado com suspeita de Tuberculose

Desde a ultima quinta-feira (17/08), Rafael Braga Vieira está internado na Unidade de Pronto Atendimento e Hospital Dr. Hamilton Agostinho Vieira de Castro, localizada no Complexo Penitenciário de Gericinó no Rio de Janeiro.

terça-feira 22 de agosto| Edição do dia

Não é possível precisar o estado de Saúdo de Rafael Braga, pois até o momento a defesa não teve acesso ao prontuário médico, mas informações preliminares apontem que Rafael estaria com suspeita de tuberculose. Depois de ter o Habeas Corpus negado pela justiça racista, Rafael Braga é vítima agora do inumano sistema carcerário brasileiro.

No dia 16/08 (quarta-feira), advogados do DDH (Instituto de Defesa dos Direitos Humanos), estiveram na penitenciaria e ouviram de Rafael a queixa sobre uma tosse persistente e que não estava sendo tratada. Longe de ser um caso isolado. O Estado brasileiro vem permitindo um surto de tuberculose pelo sistema penitenciário, sem que medidas adotadas sejam tomadas. Segundo pesquisa da UOL as chances de um detento morrer dentro do sistema prisional devido a doenças consideradas tratáveis é muito maior do que ser vítima de violência.

É um absurdo se pensar que Rafael Braga, preso por portar uma garrafa de pinho sol no dia 12 de janeiro de 2016 Rafael Braga foi preso novamente por Policiais da Unidade de Polícia Pacificadora da Vila Cruzeiro por porte de drogas em um flagrante forjado quando ia da sua casa para a padaria. No dia 20 de abril ele foi condenado à uma nova pena, dessa vez de 11 anos de prisão pela acusação de tráfico e associação ao tráfico de drogas.

Esta é a realidade da maioria da comunidade carcerária nesse país. O descaso expressado pelo Estado é gritante, e só mostra sua face mais racista e elitista. A maioria da comunidade carcerária é de pessoas negras, grande parte dessas pessoas nem foram julgadas ainda, e o Estado as mata, de diversas formas, as mata não tratando doenças que teriam cura.

O descaso é tanto que nem a família, nem a defesa de Rafael Braga foram notificadas sobre seu estado de saúde e a transferência para uma unidade hospitalar. A informação só foi descoberta quando Adriana Braga (mãe de Rafael) tentou sem sucesso vista-lo no domingo.

Liberdade imediata para Rafael Braga. Contra a policia e o judiciário racistas!

Pode te interessar: Rafael Braga, negro, portador de pinho-sol condenado a 11 anos pela “justiça” racista

#LibertemRafaelBraga




Tópicos relacionados

Rafael Braga   /    Negr@s

Comentários

Comentar