Mundo Operário

GREVE DOS PETROLEIROS

RECAP em Mauá amanhece com ato dos petroleiros. Todo apoio!

Essa sexta -feira, 14, dia em que a Petrobrás quer demitir 1000 trabalhadores da FAFEN no Paraná, a RECAP, refinaria de Mauá, amanheceu com ato dos petroleiros. Além da defesa dos postos de emprego, eles se colocam contra a privatização da Petrobrás.

sexta-feira 14 de fevereiro| Edição do dia

Na manhã de hoje (14), petroleiros e petroleiras da Refinaria de Capuava (RECAP), localizada em Mauá, realizam ato em frente a Fábrica que se encontra com cerca de 80% das atividades paralisadas neste 14° dia de greve.

Os trabalhadores desta refinaria se mobilizam contra as 1000 demissões na Fafen (Fábrica de Fertilizantes - Paraná), cuja imposição foi agendada para hoje. Outra importante pauta é a luta contra a privatização e entrega da Petrobrás nas mãos dos monopólios imperialistas.

Durante toda a greve de petroleiros, a diretoria da Petrobrás, a mando do governo de Bolsonaro e Paulo Guedes, teve o apoio do cerco midiatico e das ações autoritárias do Judiciário, desde o TST até o STF, na tentativa de minar a greve.

O Esquerda Diário, e a juventude Faísca, estão desde o início da greve colocando todas as suas forças na perspectiva de contribuir a vitória da greve dos petroleiros, pois entende que uma vitória dos petroleiros é uma vitória de toda a classe trabalhadora e da juventude do país.

Nesta paralisação em Mauá, assim como no importante ato de petroleiros que ocorreu ontem no RJ, entregamos panfletos contendo6 propostas para fortalecer a greve de petroleiros.
A força que estes trabalhadores demonstram pode ser uma causa nacional e mesmo assim as centrais sindicais como a CUT e a CTB permanecem sem orientar e organizar mobilizações de apoio e campanhas de solidariedades. Nós do Esquerda Diário e do movimento Nossa Classe propusemos e a assembleia dos metroviários aprovou a distribuição de uma carta aberta em apoio aos petroleiros, divulgando a luta a população, o que é um pequeno exemplo do que seria possível fazer com a força das centrais sindicais para divulgar a greve.

Por estas razões nós da Rede Internacional de Diários - Esquerda Diário acompanhamos diariamente a luta dos petroleiros e, para mostrar a importância da greve no país, como um ponto de apoio na luta contra o governo Bolsonaro e seu projeto privatista, convidamos todos os leitores a se somarem ao 2º Twittaço em apoio à greve dos petroleiros, que acontecerá nesta sexta-feira, dia 14/02, às 11h, com a hashtag #SomosTodosPetroleiros.

Pode te interessar: O Esquerda Diário precisa do seu apoio! Contribua financeiramente com essa mídia independente dos trabalhadores, sem financiamento das empresas.




Tópicos relacionados

Paulo Guedes   /    Petrobras   /    Jair Bolsonaro   /    Privatização da Petrobras   /    Greve dos Petroleiros   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar