Política

OSASCO

Prefeitura de Osasco cria ’Dia do Obreiro da Universal’

terça-feira 3 de outubro| Edição do dia

O prefeito Rogério Lins (PODEMOS) criou o feriado do ’Dia do Obreiro da Universal’, na cidade de Osasco, São Paulo. O dia foi oficialmente criado após a permissão dos vereadores através da Câmara Municipal.

O projeto foi publicado nesta sexta-feira no Diário Oficial, e é uma forma do prefeito retribuir à multimilionária Igreja Universal do Reino de Deus, por ter bancado a sua eleição. O "Dia do Obreiro da Universal" será comemorado no terceiro domingo de agosto.

O autor deste projeto é Ricardo Silva, do PRB, partido criado pela Universal. Silva, criticado nas redes sociais, afirmou que “o projeto é uma homenagem aos obreiros da Igreja Universal, como também vou fazer homenagens para pastores de outras igrejas”. Ou seja, em breve apresentará projeto para homenagear a ’concorrente’ Assembleia de Deus.

Silva disse que o projeto seria para reconhecer o trabalho dos Obreiros da Universal nos postos de Saúde. Mas sabemos que o curará os doentes são mais remédios, salários dignos para os trabalhadores dos hospitais, enfermeiros etc, além de insumos. Coisa que falta nos hospitais de Osasco, assim como no resto do país.

A igreja, por sua vez, só intervém na saúde quando é para frear os avanços da ciência, da medicina, ou ainda, retomar dogmas medievais como a ’cura gay’, defendida pelos pastores, defensores de uma ’psicologia’ cristã.

A verdade é que estas igrejas vivem de isenção de impostos e vendem a fé, arrancando o dízimo dos trabalhadores como promessas no "além mundo", e com isso, vão garantindo seu enriquecimento imediato no mundo material mesmo, enquanto implementam uma pauta conservadora e reacionária contra as mulheres e os LGBT.




Tópicos relacionados

Osasco   /    São Paulo (capital)   /    Política

Comentários

Comentar