Negr@s

RACISMO

Postagem de professor diz odiar pretos e pobres, gerando debates raciais entre alunos

José Guilherme de Almeida, docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), campus da cidade de São Paulo, fez uma postagem racista no Facebook, que gerou grande comoção entre os estudantes.

terça-feira 13 de março| Edição do dia

Na postagem, como pode ser visto na imagem de abertura desta matéria, o professor e pesquisador do curso de Geografia do IFSP diz odiar pretos e pardos “falando muito alto e comendo de tudo por muito tempo, em bandos, em hotéis três estrelas na orla da praia”, aparentemente destilando seu ódio de alguma de suas viagens.

Os estudantes se manifestaram nesta segunda (13) contra a postagem, pedindo a exoneração do professor, segundo matéria do portal O Globo, e a discussão sobre racismo na instituição. O Centro Acadêmico Estrabão, CAGEO Estrabão, publicou uma nota de repúdio contra a postagem, confira na página.

A nota do Centro Acadêmico afirma que o professor tem um histórico de reclamações de posturas de cunho preconceituoso por parte dele. Segundo O Globo, no 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, Almeida teria postado que o movimento feminista é “muito doente”.

Almeida chegou também a postar uma retratação em que diz que não teve a intenção de ser racista, usando sua orientação sexual e sua condição de trabalhador como justificativa da postagem racista.

O IFSP afirmou em nota que “repudia quaisquer formas de preconceito e discriminação dentro ou fora de seus muros” e que se comprometerá com a apuração dos acontecimentos, “reconhecendo a gravidade dos fatos”.




Tópicos relacionados

Professores São Paulo   /    Educação   /    Racismo   /    Negr@s

Comentários

Comentar