Mundo Operário

GRÁFICAS

"Poderiamos fazer milhões de panfletos para informar a população!", diz operário

Reproduzimos abaixo relato de um operário da indústria gráfica em meio à crise do Coronavírus.

quinta-feira 19 de março| Edição do dia

Hoje cheguei no trabalho e várias máquinas estavam paradas sem serviço...

Nesse lugar onde eu trabalho temos máquinas que imprimem 60 mil cadernos de 16 pág por hora...

Usando 3 dessas máquinas seriam 180 mil cadernos de 16 pág por hora...

Um folheto informando como se previnir e quais cuidados na crise do coronavirus poderia ser feito em apenas uma página. Então essas 3 máquinas poderiam imprimir 2 milhões 880 mil folhetos contra o surto do coronavirus em um hora!

Carapicuíba, Osasco, Itapevi, Barueri, Santana de Parnaíba somadas tem pouco mais que 1 milhão e 500 habitantes. Daria pra fazer folhetos para todas as cidades da zona oeste de SP em pouco mais de meia hora...

A cidade de São Paulo, com 12 milhões, daria pra fazer em um pouco mais que 4 horas...

Toda a região metropolitana de São Paulo tem 21,5 milhões. Daria pra fazer em cerca de 7 horas...

O estado de são Paulo tem 44 milhões, daria 15 horas...

O Brasil tem 209 milhões de habitantes. Em pouco mais de 3 dias de trabalho só com essas 3 máquinas imprimiriamos folhetos que poderiam salvar vidas para o país inteiro.

Sabe quantas máquinas tem nessa empresa? 10 máquinas!!!

Sabe o que imprimimos lá? Propaganda de perfume...

Por que acham que o dinheiro dos acionistas é mais importante que nossa saúde, mais importante que a saúde e a vida de todo mundo...

E é isso que não podemos deixar continuar...




Tópicos relacionados

Coronavírus   /    Gráficos   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar