×

Corrupção | Parlamentares pedem investigação contra Bolsonaro e Milton Ribeiro

Após denúncias envolvendo o ministro da educação Milton Ribeiro com o favorecimento de verba a pastores próximos ao Presidente da República, parlamentares foram ao STF, PGR, TCU e MPF, protocolando notícia crime e representação Bolsonaro, o ministro da educação e os pastores envolvidos.

terça-feira 22 de março | Edição do dia

Foto: Reprodução

Na terça-feira (21), foram divulgados áudios do Ministro da Educação Milton Ribeiro em que ele afirma priorizar amigos de pastores em verbas a pedido do próprio presidente Jair Bolsonaro.

Nesta quarta, parlamentares acionaram órgãos públicos de controle para que o caso fosse investigado.

A minoria na câmara protocolou no STF notícia crime contra o presidente Jaír Bolsonaro e Milton Ribeiro. Parlamentares também entraram com representação na PGR por imporbidade administrativa contra Milton Ribeiro. Parlamentares do Psol foram ao TCU (Tribunal de Contas da União) e MPF (Ministério Público Federal) contra Bolsonaro, Ribeiro e os pastores envolvidos no caso.

Saiba mais sobre o caso:

Milton Ribeiro, atual ministro da Educação, afirma em conversa gravada que o governo prioriza prefeituras cujos pedidos de liberação de verba foram negociados por dois pastores que não têm cargo e atuam em um esquema informal de obtenção de verbas do MEC (Ministério da Educação), ou seja, atuam como lobistas em um gabinete paralelo. O ministro diz que isso atende a uma solicitação do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Leia em: Em áudio, Milton Ribeiro diz priorizar amigos de pastores no MEC, a pedido de Bolsonaro




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias