Política

PARLAMENTARISMO

PSDB fará programa de TV mentindo sobre parlamentarismo e combate à corrupção

O programa eleitoral do PSDB que vai ao ar amanhã vazou. Ele é um forte candidato a um prêmio óleo de peroba no show de mentiras da política nacional. Em cerca de dez minutos desfilam mentiras em defesa do parlamentarismo e numa crítica a compra de deputados para montar maiorias parlamentares. Logo os tucanos especialistas na matéria no governo FHC e envolvidos em diversas denúncias (abafadas pela justiça) nos estados que governam. O programa também tem como objetivo constranger a ala do PSDB que apoia Temer.

quarta-feira 16 de agosto| Edição do dia

Feito pelo senador Jereissati que é da ala que defende a ruptura com Temer, um movimento que é mais forte entre deputados do que senadores, porque deverão se encontrar com as urnas ano que vem, o programa centra-se na defesa do parlamentarismo e crítica que o "presidencialismo de coalizão se tornou presidencialismo de cooptação".

Assim esse programa tem múltiplos alvos e promete gerar mal-estar dentro do partido eternamente dividido em tudo menos em atacar os trabalhadores e privatizar tudo à preço de banana, como o faz o prefeito Doria.

Um dos alvos é a defesa de um regime político onde ao contrário do que dizem os tucanos, não se votará para chefe de governo. Os deputados escolherão entre eles quem governará. Imagina isso? Bem, no mundo fantástico dos tucanos isso é mais democrático.

Um segundo alvo é atacar Aécio, Aloysio Nunes e outros tucanos que defendem continuar com Temer.

Essas fraturas internas nos partidos é expressão também da crise política. Cada ator político que foi erguido a "árbitro" passou a expressar dentro de si as crises que perpassam todo o regime político. Primeiro o STF "neutro" se polarizou e deu origem aos desfiles de arbitrariedades e xingamentos de um Gilmar Mendes de um lado, e um "Lava Jatismo" de Fachin por outro, e a julgamentos cada dia de um jeito conforme os jogos políticos feitos por cada intocável dos ministros. Depois disso foi a vez do PSDB expressar as mesmas divisões. Jogos de poder que contaminam a política nacional e dia a dia minam mais e mais quanto o povo se sente representado por políticos cada vez mais milionários e que votam medidas criticadas pela população como a reforma trabalhista.

Vendo os resultados de um governo sem voto, como é o caso do golpista Temer mais e mais políticos e empresários (e seus meios de comunicação) saem de suas tumbas para defender um regime político onde se exclua a possibilidade de aparecer no parlamento uma voz independente dos trabalhadores, como querem com a reforma política, e mais que isso ninguém voto para o governo. Eles decidam entre eles e seus financiadores de campanha como deve ser governado o país.

Veja a seguir o vídeo do PSDB que vai ao ar amanhã e foi vazado pelo portal Poder 360.




Tópicos relacionados

PSDB   /    Política

Comentários

Comentar