Cultura

POESIA

[POEMA] Relatos do golpe: A reforma trabalhista

quarta-feira 12 de julho| Edição do dia

Pow! Um tiro na sua cara!
CLT rasgada!
Aprovada a reforma trabalhista da morte!
Mas nós não somos poucos não viu?
Pow! Vários tiros na sua cara!
Mais horas de trabalho!
Menos salário no fim do mês!
Menos horas de descanso!
Mais fadiga e cansaço pra esse corpo sobrevivente.
Mas nós não somos poucos não viu?
Detemos em nossas mãos as forças desse mundo humano!
Controlamos com nossas mãos as forças desse mundo humano!
E não, NÃO, seremos massacrados por 50 homens que julgam ter essa força.
Ela é nossa!
E nós a tomaremos em nossas mãos!
Pelo direito a nossa vida, desejos, saberes!
Nossas vidas valem MUITO mais que o lucro deles!




Tópicos relacionados

Poesia   /    Cultura

Comentários

Comentar