Sociedade

POLICIA ASSASSINA.

PM’s do Rio de Janeiro matam testemunha para instalar milicia na Baixada Fluminense

sexta-feira 10 de março| Edição do dia

De acordo com as imagens de câmeras de seguranças obtidas pelo EXTRA, o PMs Vinicius de Oliveira Soares e Irvin Tavares da Silvas, lotados do quinto BPM (Praça da Harmonia) e trigesímo nono BPM (Belford Roxo) respectivamente, mataram testemunhas para instalar uma milicia em Belford Roxo, na Baixada Fluminese. De acordo com a investigação da especializada, os dois policias, junto com outros quatro homens, mataram Denis Gutemberg Pereira Lima e Brunei Evaristo da Silva no dia 6 de setembro

As imagens mostram o momento exato de uma perseguição na Estrada Dr. Farula, bairro Heliópolis, em plena luz do dia. Três homens saem, encapuzados e armados com pistolas, de um Renault Clio roubado. De acordo com a policia, o primeiro a sair do veículo é Irvin. Depois, os homens atiram diversas vezes contra as vítimas, que tentam fugir correndo.

As Testemunhas contaram aos agentes que a motivação do crime se deu por conta de um depoimento prestado na especializada por Brunei contra os PMs por outro homicídio cometido por eles na região.

De acordo com o delegado responsável pelo inquérito, Evaristo Magalhões, os policias estariam matando opositores e pessoas que tentaram denunciar a atuação do grupo á policia. Ao todo, os dois policiais são investigados em seus inquéritos aberto na DHBF. Todos por homicídios ligados á disputa por aquele território.




Tópicos relacionados

Corrupção Policial   /    Rio de Janeiro   /    Sociedade   /    Violência Policial   /    Rio de Janeiro   /    Política

Comentários

Comentar