Política

CORRUPÇÃO: OPERAÇÃO ZELOTES

PF intima Lula para prestar depoimento

A Polícia Federal expediu mandado, nesta sexta-feira, 11, para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja intimado a prestar depoimento na Operação Zelotes. O mandado 6262 é do dia 3 de dezembro e define o comparecimento de Lula na próxima quinta-feira, 17, na sede da Polícia Federal em Brasília.

sábado 12 de dezembro de 2015| Edição do dia

Operação Zelotes

A Operação Zelotes investiga pagamento de propina ao Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (CARF), órgão responsável por analisar processos de devedores à Receita Federal (grandes empresas e bancos) e ligado ao Ministério da Fazenda. O escândalo de corrupção investigado pela Operação, inclui uma importante figura do Poder Judiciário, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes, como suspeito de receber 1,8 milhões da SGR Consultoria.

Como já publicado no Esquerda Diário, o ministro Augusto Nardes liderou a votação em que foi decidida a rejeição das contas do governo Dilma em 2014, que hoje é um dos argumentos “técnicos” para o processo de impeachment aberto por Eduardo Cunha. O ministro do TCU é suspeito de ter recebido três parcelas de 600 mil reais cada da SGR por ter colaborado para anular uma dívida de 150 milhões de reais do grupo RBS, correspondente da Globo no Rio Grande do Sul e um dos investigados.

Na primeira etapa, da Operação Zelotes, foi descoberto o envolvimento de grandes “campeãs nacionais” como a Gerdau, Petrobrás, Bradesco, Santander, Camargo Corrêa, da alimentícia BR Foods, entre outras, que estariam no esquema de corrupção junto aos escritórios de advocacia, assessoria e consultoria, que através do pagamento de propina aos conselheiros do CARF, buscavam a anulação ou redução das suas dívidas fiscais. Veja mais aqui.

Depoimento de Lula

Lula assinou as medidas provisórias 471/2009 e 512/2010, que estão sob suspeita de terem sido compradas por esquema de corrupção que envolve lobistas e montadoras de veículos que se beneficiaram de prorrogação de incentivos fiscais definidas por essas normas. Este é o mesmo esquema investigado pela Operação Zelotes que inclui o envolvimento do Ministro do TCU, Augusto Nardes e grandes empresas e bancos do país. Em nota do Instituto Lula, o ex-presidente, que esteve nesta sexta, 11, no Estado Espanhol, afirma que estaria à disposição das autoridades

Segundo a investigação, o filho mais novo de Lula, Luís Claudio Lula da Silva, recebeu R$ 2,5 milhões da Marcondes & Mautoni, consultoria contratada pelas montadoras para fazer o lobby pelas MPs. Os sócios da consultoria, Mauro e Cristina Marcondes, estão presos pela PF e já foram denunciados.

Lama da corrupção invade o Judiciário

As investigações da Operação Zelotes, apontam, assim como a Lava-Jato, um grande esquema de corrupção que envolve desde o PT até setores opositores do governo e supostamente “acima de qualquer suspeita” como os ministros do Judiciário, no caso, Augusto Nardes (TCU). O que fica evidente é que a corrupção é parte do funcionamento do regime político brasileiro, um Estado burguês cujo governo dos ricos serve aos interesses dos empresários e do imperialismo, essencialmente contra os trabalhadores e o povo pobre. Também torna-se evidente o verdadeiro caráter do poder Judiciário, que por ser parte deste regime não pode estar “neutro” ou ser “justo”, já que é mais uma instituição à serviço dos interesses dos ricos.

Intenções políticas na convocação de Lula

O possível depoimento de Lula à PF seria o primeiro depoimento do ex-presidente à uma investigação num escândalo de corrupção, é também um movimento da oposição de burguesa ao governo Dilma com o objetivo de “sangrar” Lula, que provável candidato do PT à presidência em 2018.

Mesmo com esta tentativa de reforçar uma "sangria" política de Lula, o que setores dos empresários e o capital internacional junto aos políticos da burguesia (PT,PMDB e PSDB), estão de acordo é na necessidade de se aprofundar o pacote de ajustes contra os trabalhadores e a população pobre, na medida em que a economia brasileira mostra cada vez mais fortemente sinais de sua deterioração, com inflação passando de dois dígitos, aumento cada vez maior do desemprego e queda no PIB.

Esquerda Diário com informações da Agência Estado

Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula (O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa, nesta sexta-feira, 11, do seminário “O Desafio dos Emergentes”, organizado pelo El País na Espanha.)




Tópicos relacionados

Lula   /    Corrupção   /    Política

Comentários

Comentar