Internacional

ELEIÇÕES ARGENTINAS

Organizações internacionais, dirigentes, intelectuais e referências de diferentes países em apoio à FIT-Unidade na Argentina

Reproduzimos a continuidade da declaração internacional em apoio à Frente de Esquerda e dos Trabalhadores - Unidade (FIT-U) que já conta com suas primeiras adesões com centenas de assinaturas de dirigentes, intelectuais, referências e organizações de distintos países.

sábado 5 de outubro| Edição do dia

Organizações internacionais, dirigentes, intelectuais e referências de diferentes países em apoio à FIT-U na Argentina

Nós que assinamos essa declaração somos intelectuais, dirigentes e referências do movimento operário, da juventude, dos direitos democráticos, do movimento de mulheres e LGBT, militantes da esquerda de todo o mundo, que lutamos contra os governos do capital, contra os bancos, os patrões e as agressões imperialistas.

Queremos expressar publicamente nosso apoio ao programa e às listas da Frente de Esquerda-Unidade (FIT-U), chamando a votar na única alternativa política socialista e dos trabalhadores que enfrentará os partidos patronais nas próximas eleições de 27 de outubro na Argentina.

A derrota categórica que o governo de Macri sofreu nas eleições primárias, no dia 11 de agosto, expressou de forma distorcida a oposição da maioria dos trabalhadores ao plano de ajustes imposto pelo governo e pelo FMI, apoiado por Donald Trump. Entretanto, as eleições resultaram no triunfo de Alberto Fernández, da Frente de Todos, uma coalizão que une diversas alas do peronismo, incluindo deputados, senadores e governadores que nestes quatro anos deram governabilidade ao governo de Macri, além de incluir também a burocracia sindical da CGT e da CTA que garantiu a “paz social” que o governo e as patronais precisavam para levar o ajuste adiante. Após o resultado adverso a Macri, o candidato preferido do imperialismo, dos mercados e do FMI, a crise deu um salto com novas desvalorizações e corridas bancárias que aprofundam as condições de miséria dos trabalhadores, enquanto facilitam a fuga de capitais.

O governo de Macri está terminado, mas deixou a crise e uma dívida ilegítima e fraudulenta que aprofunda a submissão do país ao capital financeiro internacional. Alberto Férnandez, que se prepara para ser o próximo presidente, já se comprometeu a pagar a dívida, o que levará a maiores ajustes contra os trabalhadores e os setores populares. Por sua vez, prepara um “pacto social” junto à burguesia nacional e à burocracia sindical, que tem o intuito de amordaçar e manobrar o movimento operário para que sejam os trabalhadores os que paguem pela crise.

Depois de quase duas décadas deste novo milênio, a situação internacional está atravessada pela crise do sistema capitalista imperialista, mostrando sua decadência tanto nos países imperialistas centrais, como nos países semicoloniais e coloniais. Na maioria deles se vivem fortes polarizações sociais, com uma dura contra-ofensiva econômica imperialista que ataca as condições de vida de centenas de milhões de pessoas em todos os continentes, além de se encontrar uma importante resposta das lutas operárias, populares, das mulheres e da juventude, que com lógicas desigualdades percorrem o mundo. Isso é produto da crise dos partidos tradicionais e, como contrapartida a estas respostas populares, também ressurgiram os partidos de extrema direita, xenófobos e racistas.

Sob a presidência de Donald Trump, os Estados Unidos redobraram sua ofensiva contra a América Latina, aliando-se a governos locais de direita, como Macri na Argentina ou Bolsonaro no Brasil. No entanto, essa orientação encontra limites nas relações de força social nessa região do mundo.

Dez anos após a crise capitalista mundial, desencadeada em 2007/8, estamos às vésperas de uma nova recessão internacional. Juntamente com a crise global e sua contra-ofensiva econômica, as condições de vida de grandes setores da população se deterioram cada vez mais, enquanto a riqueza está concentrada em um punhado de ricos. Esse fenômeno se agrava, e acelera as tendências tanto para o aprofundamento da rapina imperialista, quanto para os confrontos entre as potências imperialistas.

O sistema capitalista, para superar sua crise e aumentar os lucros das grandes multinacionais, ataca os direitos da classe trabalhadora e os direitos democráticos, promove massacres étnicos e religiosos, além de intervenções armadas, com guerras imperialistas e de opressão nacional, avanços na destruição ambiental do planeta, e coloca líderes machistas, homofóbicos, nacionalistas, religiosos e autoritários no poder. Sua tese sobre "a vitória do mercado e do neoliberalismo, o fim da história e da luta de classes" - declaradas indiscutíveis após o colapso da URSS em 1989/91 - foram varridas pela crise de 2007/8. Hoje, mais de dez anos depois dessa crise, os capitalistas estão nos levando rapidamente a uma nova catástrofe.

A Primavera Árabe, levantes como os da Argélia e do Sudão, a irrupção dos Coletes Amarelos na França e, mais recentemente, as mobilizações de massa em Porto Rico que fizeram cair o governo de Roselló, são sinais de que no próximo período as batalhas da luta de classes se expandirão e serão mais duras. Na arena política, o fato de a maioria dos jovens nos Estados Unidos ter uma visão positiva do socialismo é um sinal dos tempos que se avizinham. Nessas batalhas, os trabalhadores, os explorados, os combativos movimentos de juventude e de mulheres também terão que enfrentar as lideranças burocráticas e reformistas que colaboram com os chefes e os estados capitalistas.

Dadas as consequências da crise de 2008 e o colapso dos partidos que foram agentes do neoliberalismo, surgiram variantes que se situam à esquerda da social-democracia tradicional, como o Syriza na Grécia ou o Podemos no Estado Espanhol, que, embora em seus inícios refletissem a indignação e a radicalização de setores de massa, alimentavam a ilusão de que havia uma saída para os trabalhadores dentro da estrutura do Estado capitalista. Mas essa ilusão não durou muito. O Syriza prometeu um governo anti-austeridade e acabou sendo o aplicador em série dos planos da troika, e foi por isso que acabou abrindo caminho para o retorno da direita. E o Podemos, no Estado Espanhol, negocia sua participação no governo com o PSOE. O fracasso dessas forças de centro-esquerda está enquadrado no fracasso mais geral dos estados membros da União Européia em dar uma saída progressista às massas trabalhadoras do velho continente. Por esse motivo, a luta estratégica pela unidade socialista da Europa se renova.

Tampouco os governos latino-americanos se revelaram uma saída para trabalhadores, como o mal chamado "socialismo do século XXI" com Chávez/Maduro, nem os governos de Lula/Dilma, os governos dos Kirchner, de Evo Morales ou de Rafael Correa, que demonstraram sua impotência em por de pé uma unidadatino-americana, em emancipar os países do subcontinente do jugo imperialista, e em desenvolver suas forças produtivas. Em oposição à política de colaboração de classes que promovem, reivindicamos a luta da classe trabalhadora contra o capital e seus estados, e a luta pela unidade socialista da América Latina. É por isso que, mais do que nunca, é necessário fortalecer uma alternativa de esquerda, anticapitalista, operária e socialista que lute pela independência política da classe trabalhadora, pela unidade de todos os explorados e oprimidos do continente e do mundo na luta contra o capital, e por governos dos trabalhadores em ruptura com o capitalismo.

A unidade alcançada pela Frente de Esquerda-Unidade (FIT-U) é um fato auspicioso e positivo, no sentido de fortalecer a perspectiva de uma saída independente para a crise, com um programa que defende o não pagamento da dívida, a ruptura com o FMI, a nacionalização do sistema bancário e o monopólio do comércio exterior, para que os capitalistas e banqueiros paguem pela crise, e que defende lutar por um governo operário e socialista. A FIT-U não se limitou a intervir na importante luta eleitoral, agora dominada principalmente pelos partidos burgueses, mas está apoiando e promovendo ativamente a luta dos trabalhadores empregados e desempregados contra o plano de guerra que o capital e seus governos desenvolvem contra as massas, e lutando por uma greve nacional ativa de 36 horas e um plano de luta.

Apoiamos a fórmula presidencial Nicolás Del Caño-Romina Del Plá, bem como todas as candidaturas do Partido de Trabalhadores por el Socialismo (PTS), Partido Obrero (PO), Izquierda Socialista (IS) e do Movimiento Socialista dos Trabalhadores (MST) em todos os distritos do país, por ser a única coalizão que defende os interesses da classe trabalhadora, das mulheres e da juventude.

Versão em inglês: [International Declaration in Support of the Workers Left Front—Unity (FIT-U) in Argentina-https://www.leftvoice.org/international-declaration-in-support-of-the-workers-left-front-unity-fit-u-in-argentina]

Versão em alemão: Internationale Erklärung zur Unterstützung der FIT‑U in Argentinien

Organizações que assinam:

Movimento Revolucionário de Trabalhadores (MRT, membro da FT-QI) (Brasil)

Luta Socialista/PSOL, seção simpatizante da UIT-QI (Brasil)

Construção Socialista/PSOL (Brasil)

Alternativa Socialista (Brasil)

Unidos Pra Lutar/CSP Conlutas. Tendência Sindical (Brasil)

Coletivo Feminista Marielle Vive! (Brasil)

Corrente Socialista dos Trabalhadores (CST), UIT-QI (Brasil)

Núcleo Socialista (EUA)

Central Ohio Socialistas Revolucionários (EUA)

Comunistas de Denver (EUA)

Coletivo Internacional Socialista – Boulder (EUA)

Comitê Editorial do Left Voice (publicação da FT nos EUA)

Partido Revolucionário de Trabalhadores (PTR, membro da FT-QI) (Chile)

Movimento Socialista dos Trabalhadores (MST) UIT-QI (Chile)

Partido Socialismo e Liberdade (PSL) UIT-QI (Venezuela)

Liga de Trabalhadores pelo Socialismo (LTS, membro da FT-QI) (Venezuela)

Partido Revolucionário dos Trabalhadores (DIP) (Turquia)

Partido da Democracia Operária (IDP) UIT-CI (Turquia)

Corrente Comunista Revolucionária (CCR) que faz parte do NPA (Novo Partido
Anticapitalista) (FT-QI / França)

Organização Internacionalista Revolucionária (RIO, membro da FT-QI) (Alemanha)

Liga Revolucionária dos Trabalhadores (LOR-QI) (Bolívia, membro da FT-QI)

Alternativa Revolucionária do Povo Trabalhador (ARPT) UIT-QI (Bolívia)

Comitê Operário (Nicarágua)

Fração Internacionalista Revolucionária (FIR, organização simpatizante FT-QI)
(Itália)

Grupo Vilcapaza (Peru)

Comitê Editorial A Abelha (Lima-Peru)

Corrente Socialista das e dos Trabalhadores (Organização simpatizante FT-QI / Peru)

Unidos na luta – UIT-QI (Peru)

Movimento dos Trabalhadores Socialistas (MTS, membro da FT-QI) (México)

Movimento ao Socialismo (MAS) UIT-QI (México)

Corrente Revolucionária de Trabalhadoras e Trabalhadores (CRT, membro da FT-QI)
(Estado Espanhol)

Luta Internacionalista (LI), UIT-QI (Estado Espanhol)

Alternativa Socialista – UIT-QI (Colômbia)

Corrente de Trabalhadores Socialistas (CTS, membro da FT-QI) (Uruguai)

Organização Socialista (Organização simpatizante FT-QI / Costa Rica)

Proposta Socialista – UIT-QI (Panamá)

Militantes pela libertação dos trabalhadores da Coréia (Coréia do Sul)

Movimento Socialista dos Trabalhadores (MST), seção simpatizante da UIT-QI -
(República Dominicana)

Primeiras Assinaturas:

Manuel Aguilar Mora, Liga da Unidade Socialista (México)

Alex Callinicos, Partido dos Trabalhadores Socialistas (Grã Bretanha)

Nathalie Artaud, Luta dos trabalhadores (França)

Armonie Bordes, Luta dos trabalhadores (França)

Joao Batista Araujo “Babá”, vereador no Rio de Janeiro, dirigente da CST (Corrente
Socialista dos Trabalhadores) no PSOL (Brasil)

Pedro Rosa, dirigente do Sintuff e da Fasubra (Federação de Trabalhadores das
Universidades

Rosi Messias, dirigente da CST/PSOL (Brasil)

Charles Post, sociologista, Universidade da Cidade de Nova Iorque (EUA)

Humberto Balderrama, direção nacional do Partido dos Trabalhadores (Bolívia)

Louis Proyect, membro do conselho editorial da Counterpunch Magazine (EUA)

Julia Wallance, membro da SEIU 721, organizadora contra a brutalidade policial em
Unidade Preta e Marrom (EUA)

Amado Quispe, direção nacional do Partido dos Trabalhadores, trabalhador da saúde
(Bolívia)

Orlando Chirino, Coordenador Nacional da corrente sindical CCURA, ex-candidato a
presidente do PSL (Partido Socialismo e Liberdade) (Venezuela)

José Bodas, secretário geral da FUTPV (Federação Unitária de Trabalhadores
do Petróleos da Venezuela) (Venezuela)

Alejandro Galvez Cancino - Professor da Universidade Autônoma Metropolitana
Plantel Xochimilco (México)

José Rodríguez e o Movimento Solidário Sindical de Porto Rico

Jérôme Lefaure - Secretário geral da seção CGT do Museu Nacional Magnin de Dijon
(França)

Campanha de Defesa Sindical do Paquistão - PTUDC (Paquistão)

Wladimir Susanj - Secretário Geral do Sindicato dos Arquivos Franceses CGT, eleito
para o Escritório Nacional da CGT-Cultura e para o Comitê Técnico do Ministério
da Cultura (França)

Linda Ávila, Liga da Unidade Socialista (México)

Ismael Contreras Plata, Liga da Unidade Socialista (México)

Alberto Fernández Escalante, Liga da Unidade Socialista (México)

Jaime González Vargas, Liga da Unidade Socialista (México)

José Juan Grijalva, Liga da Unidade Socialista (México)

María Guadalupe Hernández Bravo, Liga de Unidad Socialista (México)

Luna Marianelly Hernández Ricardez, Liga da Unidade Socialista (México)

Nelly Hernández Ricardez, Liga da Unidade Socialista (México)

Alex Fernandes - Coordenador Geral do Sindicato dos Metroviários do Estado de São
Paulo (Brasil)

Roberto Rutigliano - músico radicado no Brasil, fundador e militante da Organização
Tribuna Classista Rio de Janeiro (Brasil)

Wellington Luiz Cabral - Direção do Sindicato dos Químicos de São José dos Campos
e Região, SP e da Executiva da FETQUIM/SP (Brasil)

Oskar Fischer, sociólogo, Organização Revolucionária Internacionalista (Alemanha)

Stefan Schneider, cientista político, Organização Revolucionária Internacionalista
(Alemanha)

Lilly Schön, economista, Pão e Rosas (Brot und Rosen) (Alemanha)

Narges Nassimi, Pão e Rosas (Brot und Rosen) (Alemanha)

Alexandre Roldan - Direção do Sindicato dos Metroviários do Estado de São Paulo
(Brasil)

Angélica Mamani - Presidente do Centro de Estudantes, Unidade Educativa Victor Paz

Estenssoro da Paz (Bolívia)

Eliseo Mamani, professor rural, membro da Executiva da FEJUVE (Federação Bairros
Juntos) de O Alto (Bolívia)

Sulem Estrada - Professora da segunda seção X e ex-candidata anticapitalista
(México)

Miriam Hernandez - Trabalhadora da Universidade Nacional Autônoma do México e ex-candidata anticapitalista (México)

Pablo Oprinari - Sociólogo UNAM e coordenador da revista Ideias de Esquerda México

Jesús Bernardo Choque, operário fabril de Aceites Fino, ex-dirigente da Federação Departamental de Fábricas, membro do Partido dos Trabalhadores (Bolívia)

Isabel Jiménez, dirigente nacional del Partido dos Trabalhadores (Bolívia)

Bárbara Brito – ex-vice-presidente da Fech – Pão e Rosas – Partido de Trabalhadores
Revolucionários (Chile)

Dauno Tótoro – formado em história – ex-candidato a deputado D10 – dirigente
Partido de Trabalhadores Revolucionários (Chile)

Lester Calderón, presidente Sindicato 1 Orica, diretor Constramet (Chile)

Antonio Páez, dirigente Sindicato Starbucks, PTR

Gabriel Bagundo, professor da Faculdade de Ciências Políticas e Sociais - UNAM (México)

Daniela Cobet, comitê Executivo do NPA (França)

Jean Baptiste Thomas, professor de estudos hispânicos, Escola Politécnica (Paris,
França)

Jamila M.H. Mascat, filósofa, Universidade de Utrecht (Holanda)

Damien Bernard - Comitê de redação do Revolution Permanent (França)

Juan Chingo, jornalista, Revolution Permanent e revista Estrategia Internacional
(França)

Anasse Kazib, Sud Rail (França)

Vincent Duse, CGT PSA Mulhouse (França)

Gaëtan Gracia, CGT subcontatista aeronáutica, Toulouse (França)

Emmanuel Barot, professor pesquisador da Universidade Jean Jaures; Toulouse (França)

Miguel Lamas, jornalista revista Correspondência Internacional, Cochabamba.
(Bolívia)

Jerónimo Hollman, delegado estudantil da CEUB, Vanguarda Estudantil Tecnologia
UMSS (Bolívia)

Aimo Tügel, membro do comitê geral da empresa de tráfico de
cercanias BVG, grupo sindical de base "ver.di aktiv" (Alemanha)

Yunus Özgür, referência da greve dos Trabalhadores estudantis TVStud,
agrupação estudantil anticapitalista "organize:strike" (Alemanha)

Benjamin Ruß, ativista anti-repressão, Juventud Marxista Múnich (Alemanha)

Ezra Brain, Artist (EUA)

Tatiana Cozzarelli, Socialist Feminist Working Group, DSA NYC (EUA)

Juan Cruz Ferre, editor do Left Voice (EUA)

Ben Fredericks, motorista de Uber e membro da New York Taxi Workers Alliance (EUA)

James Dennis Hoff, Professor assistente de inglês, CUNY (EUA)

Jorge da Rocha, maestro, dirigente nacional do PT (Bolívia)

Carlos da Rocha, maestro, agrupação Rebelión magisterio (Bolívia)

Amado Quispe, trabalhador da saúde pública, dirigente nacional Partido dos
Trabalhadores. (Bolívia)

Santiago Lupe, historiador, porta-voz da Corrente Revolucionária de Trabalhadores e
Trabalhadoras - CRT (Barcelona)

Lucía Nistal, investigadora no Conselho de Governo da Universidade Autônoma de
Madrid (UAM), integrante da plataforma Referéndum UAM e porta-voz de CRT
(Madrid)

Verónica Landa, porta-voz do Pão e Rosas em Barcelona)

Josefina L. Martínez, jornalista e historiadora, editora de Contrapunto (Madrid)

Cynthia Lub, doutora em Historia, editora de IzquierdaDiario.es (Barcelona)

Elio Aduviri, secretário de conflitos SITRASABSA (Bolívia)

Carlos Cornejo, delegado estudantil de Derecho Octubre (Bolívia)

Cacho Mancilla, Partido dos Trabalhadores

Dirigente aposentado Alain Rivera - Advogado Oficina Jurídica dos Trabalhadores (Bolívia)

Robert Ducrot. Secretário Nacional do Sindicato dos Arquivos da França, eleito para o Escritório Nacional da CGT-Cultura, eleito à Comissão Administrativa Paritária dos técnicos de Recepção, Vigilância e Armazenagem do Ministério da Cultura (França).

Cristiano Idaigoro Leite - Direção do Sindicato dos Químicos de São José dos Campos e Região/São Paulo (Brasil)

Alejandra Sepulveda, Flora Eco e Ameyalli Mancilla, trabalhadoras em luta demitidas do DIF CdMx e impulsionadoras da campanha "Queremos trabajo digno" (México)

Mario Caballero - Movimento dos Trabalhadores Socialistas (México)

Davi Paulo de Souza Junior - Presidente do PSOL Jacareí, Direção do Sindicato dos Químicos de São José dos Campos e Região/São Paulo (Brasil)

Pamela Henríquez - Presidenta da Confederação de Sindicatos Bancário e Afins (Chile)

Ángel Arias, sociólogo - UCV e delegado de base Ministério do Trabalho (Venezuela)

Humberto Zavala, Lic. em Educação - UNEFM (Venezuela)

Esteban Fernandez, Lic. em Filosofia e Professor da UCR (Costa Rica)

Baran Doğan - Presidente de TORES - Turismo, Hotel, Restaurante e Entretenimento - Instalações e União dos Trabalhadores do Esporte (Turquia)

Erol Soğancı. Membro do comitê central executivo da Union of Energy and Power
Plant Workers (Turquia)

Ariane Fischer, professora (EUA)

Nathaniel Flakin, historiador (EUA)

William Lewis, hoteleiro (EUA)

Isabelle Foucher. Tesoureira dos Arquivos da França CGT, eleita à Comissão Executova da CGT-Cultura, eleita à Comissão Administrativa Paritária de documentalistas do ministro da Cultura (França)

Julie Charmoillaux. Secretário da seção CGT da direção regional de atividades culturais Rhônes-Auvergne, eleito para a Comissão Executiva do sindicato geral da Arqueologia CGT (França)

CGT do Palácio de Versalhes, eleito para o Comitê Administrativo Conjunto dos Secretários de Documentação do Ministério da Cultura, eleito para o Comitê Nacional de Assuntos Sociais do Ministério da Cultura (França).

Catherine Noury. Secretário do sindicato CGT do Palácio de Versalhes, eleito para o Comitê Administradido do Conjunto dos SEcretários de Documentação do Ministério da Cultura, eleito para o Comitê Nacional de Assuntos Sociais do Ministério da Cultura (França).

Marcello Ferreira dos Santos Pablito - Diretor do Sindicato dos Trabalhadores da Universidade de São Paulo (Brasil)

Adriano Brant Favarin - Diretor do Sindicato dos Trabalhadores da Universidade de São Paulo (Brasil)

Claudionor Brandão - Diretor do Sindicato dos Trabalhadores da Universidade de São Paulo (Brasil)

Barbara Della Torre - Diretora do Sindicato dos Trabalhadores da Universidade de São Paulo (Brasil)

Patrícia Sayuri Tanabe - Diretora do Sindicato dos Trabalhadores da Universidade de São Paulo (Brasil)

Fernanda Peluci - diretora eleita do Sindicato dos Metroviários de São Paulo (2019/2022) (Brasil)

Rodrigo Tufão - diretor eleito do Sindicato dos Metroviários de São Paulo (2019/2022) (Brasil)

Francielton Bananeira Reis - diretor do Sindicato dos Metroviários de São Paulo (2019/2022) (Brasil)

Marília Cristina Ferreira - diretora do Sindicato dos Metroviários de São Paulo (2019/2022) (Brasil)

Felipe Guarnieri - diretor da Federação Nacional de Metroviários (Brasil)

Filipe Amorim – representante eleito na comissão de saúde dos metroviários de São Paulo (Brasil)

Néstor Labate. Dirigente do sindicato de Trabalhadores de SUPRA Caracas (Venezuela)

María Lohman, membro diretiva Associação de jornalistas Cochabamba, Somossur. (Bolívia)

Maria Eugenia Guerrero, trabalhadora Caja Nacional de Salud de Cochabamba, ex-dirigente Central Obrera Departamental. (Bolívia)

Douglas Diniz dirigente de Luta Socialista – LS/PSOL (Brasil)
Mario Pieri, Colectivo Militante (Uruguai)

Joseffe Cáceres, dirigente da Associação de Funcionários ANFUMCE (ex Pedagógico), Pão e Rosas (Chile)

Nicolás Bustamante, dirigente despedido Sindicato Interempresa FCAB, Partido de Trabalhadores Revolucionários (Chile)

Simón Bousquet, presidente Sindicato GAM (Chile)

Bartolo Lara, Cooperativas de Vivienda - Isabel Koifmann, sindicalista (Uruguai)

Omar Menoni, sindicalista – Ernesto Herrera, Correspondência de Prensa (Uruguai)

Alberto Boga, Militantes Guevaristas - Rebeca Riela, economista – Daniel Ceriotti, nutricionista (Uruguai)

Daniel Libreros, Movimento Ecossocialista (Colombia)

Ruben Navarro, Correspondência de Prensa (França)

Carlinho - Direção do Sindicato dos Químicos de São José dos Campos e Região-São Paulo (Brasil)

Luiz Eduardo Sanches. Direção do Sindicato dos Químicos de São José dos Campos e Região/São Paulo (Brasil)

Pierre-Yves Chiron. Secretário Geral de Direito dos Arquivos da França CGT, eleito para o Escritório Nacional da CGT-Cultura, eleito para o Comitê Administrativo Conjunto de assistentes técnicos Ministério da Cultura (França)

Diego Lotito, jornalista, editor do IzquierdaDiario.es (Madrid)

Clara Mallo, porta-voz de Pão e Rosas de Madrid

Antoni Sesi, jornalista, editor do EsquerraDiari.cat (Barcelona)

Asier Ubico, presidente do comitê de Empresa de Telepizza pela CGT (Zaragoza)

Juan Carlos Arias Sanz, delegado pela UGT do Ministério de Políticas Sociais e
Família da Comunidade de Madri

Joe Molina, ex-trabalhador despedido da Panrico e militante da CRT (Madrid)

Andrea Barberá Martínez, Teodora Giulia Chirila Null, Javier Hernández Tenorio, UAM e representantes estudantis da Junta de Filosofia e Letras da UAM pela “Revoluciona Tua Universidade” (Madrid)

Soledad Cuevas. Docente UNE-Sindicato Nacional Docente (Paraguai)

Anatoly Matveenko. Coordenador do SMOT (Bielorrusia)

Leonardo Esteves. Sindicato de trabalhadores da Universidade Simón Rodríguez (Venezuela)

Leonardo Esteves - Sindicato de trabalhadores da Universidade Simón Rodríguez (Venezuela)

Luiz Henrique de Barros - PSOL Taubaté-SP, Direção do Sindicato dos Químicos de São José dos Campos e Região/São Paulo (Brasil)

Pamela Contreras - dirigente do Sindicato Winterhill, Pão e Rosas (Chile)

William Muñoz - presidente do Sindicato Komatsu Reman (Chile)

María Isabel Martínez - dirigente comunal Colégio de Professores O Espelho (Chile)

Patricia Romo - presidenta do diretório comunal do Colégio de Professores, Antofagasta (Chile)

Daniela Avilés - docente reincorporada, Escola Patricio Cariola, Antofagasta (Chile)

Romina Godoy - delegada Sindical da escola patrícia Cariola, Sindicato de Assistentes de Aula, Antofagasta (Chile)

Marcos Valério dos Santos - PSOL Caçapava-SP, Direção do Sindicato dos Químicos de São José dos Campos e Região/São Paulo (Brasil)

Alexandre Lisboa - Direção Sindserv São Sebastião –SP (Brasil)

Pedro Wilson Porto - Cientista Político e Diretor de Formação Política do Sind. Professores da Rede Privada de Pernambuco (Brasil)

Josep Lluis del Alcázar - Delegado sindical do ensino público. Dirigente da Luta Internacionalista (LI), seção da UIT-CI (Estado Espanhol)

Cristina Mas - Delegada sindical de trabalhadores da imprensa. Integrante do LI (Estado Espanhol)

Luis Carlos Gómez Pintado - Delegado sindical de trabalhadores da AENA –Aeropuertos (Estado Espanhol)

Marga Olalla - Delegada sindical de trabalhadores municipais de Barcelona. Militante do LI (Estado Espanhol)

Larissa Regina Ribeiro - Representante eleito na comissão de saúde dos metroviários de São Paulo (Brasil)

Fabrício Emmerich - Representante eleito na comissão de saúde dos metroviários de São Paulo (Brasil)

Gabriela Farrabras - Representante eleito na comissão de saúde dos metroviários de São Paulo (Brasil)

Maira Machado - Diretora da APEOESP - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Brasil)

Luciana Vizzotto - Conselheira estadual da APEOESP - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Brasil)

Tassia Arcênio - Representante sindical no Conselho Municipal de Educação de Contagem – Minas Gerais (Brasil)

Carolina Cacau – representante dos estudantes no Conselho Universitário da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Brasil)

Isa Santos – Centro Acadêmico de Serviço Social da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Brasil)

Diana Assunção – pelo Movimento Revolucionário de Trabalhadores (Brasil)

Iuri Tonelo – Editor do Edições Iskra (Brasil)

Fidel Ernesto Narváez – Advogado do Movimento Autoconvocado e exilado (Nicarágua)

Nicolás Germanier - Coordenador da Alternativa Socialista (Paraguai)

Pedro Mercader - Delegado Sindical da educação pública, militante do LI (Estado Espanhol)

Miquel Blanch - Delegado sindical de professores de escolas para adultos, membro da Corrente Sindical do CCOO de Girona (Estado Espanhol)

M. Esther del Alcázar - Delegada sindical da educação pública, dirigente do LI (Estado Espanhol)

Ranier Ríos - dirigente do MST (Movimiento Socialista dos Trabalhadores) (Chile)

Priscilla Vásquez - dirigente nacional dos Trabalhadores do Seguro Social do Panamá. (Panamá)

Virgilio Arauz - dirigente da Proposta Socialista (Panamá)

Alejandro Arias - porta voz da agrupação Contracorreente (Madrid)

Lorien Matute - porta voz do Sindicato de Estudantes de Esquerda-Contracorrente (Zaragoza)

Antonio Litov - Fotomovimento (Barcelona)

Antonio Liz - historiador (Madrid)

Eduardo Nabal Aragón - crítico de cinema (Burgos)

Enrique Fernández Chacón - ex-deputado nacional, dirigente do Unidos na Frente Ampla (Perú)

Jesús Torres Nuño - Presidente do Conselho de Administração de Trabalhadores Democráticos do Ocidente, Sociedade Cooperativa (México)

Leda Silva Victoria - Secretária Geral da Delegação D-III-52 da Educação Inicial, Seção XI do Sindicato Nacional de Trabalhadores da Educação (SNTE) (México)

Kesia Moreno - delegada sindical assistente de aula, escola Juan Pablo, Antofagasta (Chile)

Carla Ramírez - delegada gremial escola Padre Patricio Cariola, Antofagasta (Chile)

Sergio Pinto - delegado sindical Escola E-77, Antofagasta (Chile)

Galia Aguilera - delegada sindical Escola España, Antofagasta (Chile)

Jaime Rodríguez - Presidente do Sindicato Interempresa de Operários Metalúrgicos Unidos (Chile)

Oscar Mandiola - delegado do Sindicato Interempresa de Operários Metalúrgicos Unidos (Chile)

Nathaly Flores - diretora do Sindicato Nacional administradora norte Easy (Chile)

Juan Cortés - diretor do Sindicato Nacional administrador norte Easy (Chile)

Douglas Diniz - Executiva Nacional do PSOL (Brasil)

Gonzalo Gómez - Diretor do aporrea.org e membro da direção da Maré Socialista (Venezuela)

Joaquín Araneda - Movimento Anticapitalista (Chile)

Mick Armstrong - Alternativa Socialista (Australia)

Rubén Tzanoff - SOL Estado Espanhol. (Barcelona)

Juan Pablo Mena - SOL Estado Espanhol. (Banyoles)

Rodrigo Barbeito - SOL Estado Espanhol. (Valencia)

Diego Fernández Benito - SOL Estado Espanhol. (Valladolid)

Lautaro Gutiérrez Vázquez - SOL Estado Espanhol. (Madrid)

Flor Salgueiro Carral. SOL – Juntas e à Esquerda. (Barcelona)

Florencia Virjan. SOL – Juntas e à Esquerda (Barcelona)

Neida Porfírio de Oliveira - Conselho Geral do CPER. Membro do Diretório Nacional do PSOL (Brasil)

Enrique Gómez Delgado e Francisco Retama - Movimento ao Socialismo, Seção UIT-CI (México)

Genoveva Ramírez Fernández - professora da Seção X, CNTE-SNTE (México)

Oktay Çelik - presidente do Partido da Democracia Operária (IDP-UIT-CI) Sedat Durel, secretário geral do Sindicato dos trabalhadores Revolucionários da Telecomunicação e do Centro de Chamadas (Dev İletişim-İş) (Turquía)

Atakan Çiftçi - delegado do Sindicato dos trabalhadores da educação e da ciência (Eğitim-Sen) (Turquía)

Görkem Duru - editor do Jornal Abril (Turquía)

Miguel Ángel Hernández - secretário Geral do PSL (Partido Socialismo e Liberdade) (Venezuela)

Silvia Leticia - Coordenadora Geral do SINTEPP Belém-PA, Secretaria Executiva Nacional da CSP. Conlutas, e da Executiva Estadual do PSOL-PA. (Brasil)

Nancy Galvão - Executiva do PSOL São Paulo (Brasil)

Manuel Iraola - Direção Estadual do PSOL São Paulo (Brasil)

Neide Solimões - Coordenadora Geral do SINTSEP-PA e Direção Nacional da Condsef (Brasil)

Jimmy Gómez Rivera - ativista do movimento social (Nicarágua)

Gustavo Martínez - Integrante da direção da Maré Socialista (Venezuela)

Zuleika Matamoros - Delegada sindical de docentes, coordenadora da Juntas e à Esquerda e membro da direção da Maré Socialista (Venezuela)

Maura Gálvez Bernabé - Movimento Anticapitalista e Juntas e à Esquerda (Chile)

Maurício Matos - Direção da Federação Nacional dos Servidores dos Ministério Públicos (FENAMP) e Movimento Xingu Vivo para Sempre (Brasil)

Cássia Ceres - Executiva do PSOL/Belém-Pará e Coletivo Feminista Marielle Vive! (Brasil)

Mari Andreia Oliveira de Andrade - Professora/Diretora Regional CPERS Cruz Alta (Brasil)

Érico Corrêa - Presidente do SINDICAIXA, membro da Executiva Estadual do PSOL (Brasil)

Frente Revolucionária dos Estudantes - RSF (Pakistán)

Bismark Martinez - Artista Nicaragüense y activista social. Actor en grupo de teatro DRUGOS (Nicarágua)

Ayllu Duarte Acosta - Diretoria do SINDIMETRÔ (Brasil)

Jorge Cezar Gomes Maia - SEPE (Brasil)

Luis Henrique Chagas - Presidente do SINDIMETRÔ (Brasil)

Zarah Trindade - Direção do PSOL/Belém- Pará e do Coletivo Feminista Marielle Vive! (Brasil)

Eduardo Pimentel - Executiva do SINTSEP-PA (Brasil)

Walmir Brit - Executiva do SINTSEP-PA (Brasil)

Laerte - Executiva do SINTSEP-PA. (Brasil)

Marcos Solimões - Executiva do SINTSEP-PA. (Brasil)

Paulo Sérgio - Coordenação da Sub-Sede do SINTEPP de Concórdia do Pará. (Brasil)

Erlen - Coordenação da Sub-Sede do SINTEPP Salvaterra/PA (Brasil)

Reginaldo Reis - Coordenação da Sub-Sede do SINTEPP Baião/PA (Brasil)

José Antônio (Toninho) - Coordenação da Sub-Sede do SINTEPP de Baião/PA. (Brasil)

Jacirene - Coordenação da Sub-Sede do SINTEPP Mde Baião/PA. (Brasil)

Pablo Muñoz - dirigente Sindicato Interempresa FCAB (Chile)

Sebastián Rojo - dirigente Sindicato Interempresa FCAB (Chile)

Francis Astudillo - dirigente Sindicato Interempresa FCAB (Chile)

Raúl Muñoz – dirigente FENATS Barros Luco Trudeau (Chile)

Alejandra Decap – oradora nacional da agrupação Pão e Rosas (Chile)

Yamila Urrutia – agrupação Vencer ex Pedagógico (Chile)

Marcelo Diniz - Coordenação da Regional Metropolitana do SINTEPP (Brasil)

Aldemaro Sanoja - Maré Socialista de Barinas (Venezuela)

Flávia Siqueira - Coordenação da Regional Metropolitana do SINTEPP (Brasil)

Miriam Sodré - Secretária Geral do SINTEPP BELÉM/Unidos Pra Lutar – PA (Brasil)

Carlos Alberto - Coordenador de Finanças do SINTEPP BELÉM/Unidos Pra Lutar – PA (Brasil)

Joelma Souza - Coordenação de Cultura e Lazer do SINTEPP BELÉM (Brasil)

Érica Reis - Direção da Sub-Sede do SINDSAÚDE Baião-PA (Brasil)

Dulcideia Palheta - Direção da Associação dos Docentes da Universidade Federal Rural da Amazônia (ADUFRA). (Brasil)

Angelo Balbino - Executiva Regional do PSOL-DF (Brasil)

Juliana de Freitas - Oposição SIMPRO –DF (Brasil)

Suzete Chaffin - Coletivo Feminista Marielle Vive! (Brasil)

Paulina Espíndola - Orador de Sesegen e Mulheres Organizadas da Faculdade de Comunicação e Letras, Edgar Mendoza, Maré Socialista Portuguesa (Venezuela)

Julieta Lui - Coordenação da Sub - Sede da Apeoesp São Carlos/São Paulo (Brasil)

Mauricio Santos - Direção Estadual da Apeoesp/São Paulo (Brasil)

Sergio Brito - Coordenação da Sub-Sede da Apeoesp Taboão da Serra/São Paulo (Brasil)

Alexandre Pacheco - Diretório Municipal do PSOL Jacareí/SP (Brasil)

Emanuelly Nery - Diretório Municipal do PSOL de São José dos Campos/São Paulo (Brasil)

Gilberto Silvério - Presidente do PSOL São José dos Campos /São Paulo (Brasil)

Whirmelys Villalobos - Jornalista. Juntas e à Esquerda (Venezuela)

Laura Jaén Martínez. SOL – Juntas e à Esquerda (Murcia)

Isabel Ruíz López. SOL – Juntas e à Esquerda (Murcia)

Laura Candela Uría. SOL – Juntas e à Esquerda (Murcia)

Jane Neves - Vice-presidente do Sintect-AM (Brasil)

Izabel Firmino - Executiva do SINTUFF/RJ (Brasil)

Sandra Guizan - Direção do SINTUFF/RJ (Brasil)

Vera Coimbra - Coletivo Feminista Marielle Vive! (Brasil)

Andrea Solimões - Unidos Pra Lutar – Tendência Sindical (Brasil)

Brites - PSOL Caraguatatuba – São Paulo (Brasil)

Eduardo Rodrigues. comitê de Mobilização e Luta do IFPA (Brasil)

Terezinha Bullé. Professora/CPERS/Membro do Diretório Estadual do PSOL (Brasil)

Maira Farias. Professora/CPERS/Membro da Executiva Estadual do PSOL (Brasil)

Marli Aparecida Souza - Funcionária de Escola/Diretora Regional CPERS – Osório (Brasil)

Maria Norma Dumer - Professora/ Conselho Fiscal do CPERS (Brasil)

Natalia Mesías - Presidenta do sindicato Clínica UDD (Chile)

Maria de Fátima Contreira - Professora/Diretora Regional CPERS – São Borj (Brasil)

Ândria Wasiuk - Estudante/ENFRENTE (Brasil)

Angélica Bruch - Coletivo Feminista “Marielle Vive” (Brasil)

Danubio Trujillo - Curso Socialista. Militante do COFE (Uruguai)

Sandra Patricia Fernández Araújo - Militante do SUINAU (Uruguai)

Adrián Dourrom. Curso Socialista - Militante do Sunca (Uruguai)

Jimena Peralta - Curso Socialista (Uruguai)

Cristina Matinson - Militante do COFE Curso Socialista (Uruguai)

Analia Barceló - Curso Socialista, militante do COFE (Uruguai)

Gabriel Malaespina - Curso Socialista, militante do COFE (Uruguai)

Antonio Gilberto dos Santos Sanches - Diretoria do SINDIMETRÔ (Brasil)

Camila Palomo Debesaitys - Vice-presidente do SINDIMETRÔ (Brasil)

Claire Maria Moraes Amaral - Professora – Conselho Geral do CPERS (Brasil)

Claudia da Silva Marisco - Diretora do Núcleo do CPERS – Cruz Alta (Brasil)

Yunesky Carrero - Juntas e à Esquerda (Venezuela)

Jorge Estrella - Reagrupamento Esquerda Equatoriana (Equador)

Clemar Maria Trindade - Coletivo Feminista “Marielle Vive” (Brasil)

Elizabeth dos Santos Braga - Conselho Geral do CPERS (Brasil)

Elizandra Dullius - Estudante/ENFRENTE (Brasil)

Adriana Aquino - Coordenadora do Juntas e à Esquerda. (Paraguai)

Eloá Damascena da Silva - Suplente Conselho Geral do CPERS (Brasil)

Gentil Lovatel - Diretor SINDICAIXA (Brasil)

Henrique Luis Frozza - Diretoria do SINDIMETRÔ (Brasil)

Inês Goreti - Servidora Pública Estadual/SINDICAIXA (Brasil)

Karina Fischer - Conselho Geral do CPERS (Brasil)

Kenyireth Rebolledo - Juntas e à Esquerda (Venezuela)

Kelin Daroz - Dirigente do Coletivo Feminista “Marielle Vive” (Brasil)

Laura Vieira Marques - Dirigente do Coletivo Feminista “Marielle Vive” (Brasil)

Ludimilla Alves Fagundes - Setorial de Mulheres do PSOL (Brasil)

Luiz Henrique Valente Sanches - Vigilante – Dirigente da CS (Brasil)

Luzia Regina Herrmann - Professora – Conselho Geral do CPERS (Brasil)

Márcia da Silva Rolim - Estudante/ENFRENTE – Setorial de Mulheres do PSOL (Brasil)

Güneş Gümüş - Presidente do Partido SEP (Turquia)

V.Umut Arslan - Direção Nacional do SEP (Turquia)

Derya Koca - Direção Nacional do SEP (Turquia)

Engin Kara - Direção Nacional do SEP (Turquia)

Gökçe Şentürk - Direção Nacional do SEP (Turquia)

Emre Güntekin - Editor do Sosyalist Gundem (Turquia)

Emrecan Konyalı - Presidente da Federação Associação de Estudantes Marxistas (Turquia)

Márcia de Medeiros Barilli - Suplente Conselho Geral do CPERS (Brasil)

Márcia Soledade - Setorial de Mulheres do PSOL (Brasil)

Maria Aparecida Prado - Funcionária de Escola/Suplente Conselho Geral do CPERS (Brasil)

Maikell Rebolledo - Advogado trabalhista (Venezuela)

Javier Bia - Curso Socialista, militante do COFE (Uruguai)

Maximiliano Ramos - Curso Socialista, militante da AFFUR (Uruguai)

Federico Martínez - Curso Socialista, militante da ADUR (Uruguai)

Jorge Rodríguez - Militante do SUINAU (Uruguai)

Maria da Glória Sampaio - Diretora do Sindicaixa (Brasil)

Marilene Carvalho S. Rodrigues - Diretora do Sindicaixa (Brasil)

Marivete Morais de Melo - Funcionária de Escola/Suplente Conselho Geral do CPERS (Brasil)

Miguel Gustavo Corrêa Chagas - secretário Geral SINDICAIXA (Brasil)

Norma dos Santos Machado - Professora/Conselho Geral do CPERS (Brasil)

Odilon Carrion Esmério - Diretor SINDICAIXA (Brasil)

Olavo Vivian Marques - Vigilante (Brasil)

Pedro Moacir Abrianos Moreira - Diretor Regional do CPERS – São Gabriel (Brasil)

Rejane Maria de Araújo - Diretora do Sindicaixa (Brasil)

Ronny Reyes - Advogado trabalhista (Venezuela)

Silvina Rodríguez - Curso Socialista. Ambientalista (Uruguai)

Alejandro Tasistro - Curso Socialista (Uruguai)

Guedeche Khaled - Professor de Pesquisa Universitária (Argelia)

Luis Gonzalo Torcoletti - SOL Estado espanhol (Palma de Mallorca)

Noelia Carina López - SOL Estado espanhol (Barcelona)

Pía Celeste Villafañe Batica - SOL Estado espanhol (Barcelona)

Diego Arcos Espinosa - Casa de argentinos em Barcelona. (Estado Espanhol)

Rosana Grigoletto - Diretora do Núcleo do CPERS – Osório (Brasil)

Virgínia Corrêa da Silva - Diretora do Sindicaixa (Brasil)

Vivian Zamboni - Professora/Direção da CS (Brasil)

Zila Farias - Setorial de Mulheres do PSOL (Brasil)

Anália Timóteo - Merendeira (Diretora do SEPE/Regional IV) (Brasil)

Maria Oliveira da Penha - Professora. Diretora do SEPE Central (Brasil)

Rayssa Pereira - Militante do ENFRENTE (Brasil)

Thaianne de Souza - Estudante da UNIRIO. Coletivo Feminista “Marielle Vive” (Brasil)

Lucas Tiné - Músico e pré-candidato / PSOL Recife (Brasil)

Jacqueline Quintana Muñoz - Acadêmica do Departamento de Trabalho Social da Universidade de Atacama (Chile)

Xavi Valverde. CUP-L’Hospitalet - Integrante do observatório plurinacional em defesa dos desertos de sal (Estado Espanhol)

Pacheco Sánchez Carlos Iván - Professor do Departamento de Sociologia da Universidade Nacional da Colombia (Bogotá)

Thiago Carvalho - Presidente PSOL Recife (Brasil)

Márcio Santos - Ator e Diretor de Teatro (Brasil)

Luiz Felipe Sena - Cineasta (Brasil)

Robeyoncé Lima - Co-deputada Juntas / Pernambuco (Brasil)

Ivanenko Tatyana - Ativista de SMOT (Bielorrusia)

Vasily Letyaga - Ativista SMOT (Bielorrusia)

Vicent Birich - Ativista SMOT (Bielorrusia)

Marat Matveenko - Ativista SMOT (Bielorrusia)

Kirill Zhamoidin - Ativista SMOT (Bielorrusia)

Roman Yaroshenya - Ativista do Sindicato Independente Bielorruso. Salihorsk. (Bielorrusia)

Fabiola del Carmen Tercero Castro - Jornalista Feminista (Nicarágua)

Andrei Nestruev - Movimento Socialista Russo

Natália Alexandre – Centro Acadêmico de Serviço Social da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Brasil)

Luisa Matos – Centro Acadêmico de Serviço Social da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Brasil)

Samyr Rangel – Centro Acadêmico de Geografia da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Brasil)

Javo Ferreira - Liga Operária Revolucionária (Bolívia).

Violeta Tamayo - Pão e Rosas (Bolívia)

Simone Ishibashi - Associação de Pós-Graduandos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Brasil)

Luno dos Santos - Coordenador do Centro Acadêmico Dionísio, Teatro/UFRGS (Brasil)

Ana Pessoto - Coordenadora do Centro Acadêmico Dionísio, Teatro/UFRGS (Brasil)

Flávia Telles - coordenadora do Centro Acadêmico de Ciências Humanas do IFCH-Unicamp (Brasil)

Vitória Camargo - coordenadora do Centro Acadêmico de Ciências Humanas do IFCH-Unicamp (Brasil)

Cássia Rodrigues Silva - coordenadora do Centro Acadêmico de Ciências Humanas do IFCH-Unicamp (Brasil)

Úrsula Noronha - coordenadora do Centro Acadêmico de Pedagogia Unicamp (Brasil)

Rafaella Laffraia - Centro Acadêmico da Saúde Pública da Universidade de São Paulo (Brasil)

Eliana Carolina Useche Gomez - Movimento Jornalistas pela Verdade (Venezuela)

Clarissa Machado de Azevedo Vaz - Professora da Universidade Federal do Tocantins. UFT. Advogada da Associação Brasileira dos Advogados do Povo. ABRAPO (Brasil)

Juan Manuel Sandoval Palacios - Pesquisador do Seminário Permanente de Estudos Chicanos e de Fronteiras. Instituto Nacional de Antropologia e História (México)

Fernanda Quirós - Presidenta da Associação de Estudantes de Filosofia (UCR, Costa Rica)




Tópicos relacionados

FIT-U   /    Argentina   /    Fração Trotskista (FT-QI)   /    Internacional

Comentários

Comentar