Opinião

MÁFIA DOS TRANSPORTES

O aumento das passagens mostra como Crivella está a serviço da máfia dos ônibus

Carolina Cacau

Foi candidata a vereadora do MRT pelo PSOL em 2016, é estudante da UERJ e professora da rede estadual.

terça-feira 6 de fevereiro| Edição do dia

Quatro consórcios das máfias milionárias que controlam os ônibus do Rio entraram na justiça pedindo o reajuste da passagem para absurdos 4 reais. A resposta bizarra da prefeitura foi que o reajuste “justo” seria para R$ 3,60, para “disfarçar” (bem mal) a defesa de Crivella do aumento dos lucros desses parasitas.

As tarifas aumentam, e nós continuamos amargando um transporte horrível, que nem sequer o ar-condicionado (obrigatório por lei há anos) existe na maior parte dos ônibus. Sem falar na dupla função dos motoristas, um verdadeiro absurdo que impõe uma condição de trabalho extremamente precária. Mesmo depois de vir à tona o escândalo da família Barata e suas negociatas, o transporte segue na mão de empresários corruptos que exploram nossa necessidade de transporte para enriquecer e andar com helicópteros e iates.

A única solução é estatizar tudo, colocando o controle dos ônibus do Rio nas mãos dos trabalhadores e dos usuários, acabando com os milhões que vão pro bolso desses canalhas, garantindo um transporte de qualidade e sem tarifas absurdas.




Tópicos relacionados

Precarização do Transporte Público   /    Crise no Rio de Janeiro   /    crise econômica   /    Transporte   /    Opinião

Comentários

Comentar