Cultura

CULTURA

Novos escritos da liberdade

Afonso Machado

Campinas

segunda-feira 3 de agosto| Edição do dia

Brasil, dias atuais

Um gigantesco olho atravessa o céu. Nenhum movimento escapa a este olho raivoso, que segue vigiando todas as cidades brasileiras. Uma boca que não quer calar se esconde em uma esquina. Num bairro proletário, uma trabalhadora negra caminha corajosamente protestando contra o governo, ignorando o olho que vigia. Ela usa uma camiseta aonde está escrita a palavra “ Liberdade “.

Dicionário político

Liberdade: palavra sinônimo de antifascismo .

O trem e o fantasma

Nas margens de uma antiga estrada de ferro, o espaço é dividido entre o capim que cresce e os trêmulos andarilhos em decomposição. Por volta das 2 h da manhã, o apito do trem surge como um gemido pré histórico da Revolução industrial. O trem é velho, a ferrugem evidente numa carcaça de metal forrada de verrugas. A locomotiva ainda possui feridas abertas, afinal, o asfalto e os pneus do imperialismo passaram por cima dos trens no Brasil. No interior dos vagões do trem da madrugada, encontramos pilhas de mercadorias. São cereais, minérios , crânios e dentes de coelho. Encima de um dos vagões viaja o fantasma de um fascista que lança, em direção ao céu, uma piscadela para o gigantesco olho nacionalista.

Como se livrar dos obstáculos da ideologia dominante

Todos os dias o despertar é boicotado pelo Capital: as imagens do sonho são rapidamente esquecidas, ignoradas. O impulso de ser livre e a possibilidade de uma autêntica felicidade num mundo sem alienação, são elementos reprimidos na consciência. O galo canta para depois ser abatido. Um serviço via aplicativo laça um trabalhador pelas ruas. Mas existe no instante da mensagem um espaço dialético. No tempo curto do barulhinho do celular, o trabalhador acaba por fazer uma pergunta a si mesmo:

- Sou empregado ou empreendedor?

Um gigantesco caminhão de lixo estaciona em frente á consciência do trabalhador. Neste caminhão encontram-se os cacarecos religiosos do sucesso individual, as embalagens usadas pelo liberalismo rasteiro e a suástica remodelada sob a forma de um ursinho de pelúcia. Porém, o trabalhador que compreende o seu papel na produção, a sua condição na engrenagem econômica, pilota sua moto numa outra direção histórica: ele desvia do caminhão de lixo. O jovem motociclista, um proletário sugado num dado setor do capitalismo de serviços, possui um arco e uma flecha: ele atira a flecha para o céu, em direção ao olho nacionalista.

Nas páginas finais do Dicionário Político:

Trabalhador: palavra sinônimo de antifascismo

Sindicato: palavra sinônimo de antifascismo

Literatura: palavra sinônimo de antifascismo




Tópicos relacionados

cultura   /    Cultura

Comentários

Comentar