Teoria

CRIVELLA

Nota de repúdio: Edições Iskra repudiam a operação de censura na Bienal do Livro do Rio de Janeiro

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou ontem, dia 5/9, em sua conta do Twitter uma ação de recolhimento de livros por ele considerados de conteúdo impróprio.

sábado 7 de setembro| Edição do dia

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou ontem, dia 5/9, em sua conta do Twitter uma ação de recolhimento de livros por ele considerados de conteúdo impróprio. O alvo do reacionário e homofóbico pastor-prefeito é a HQ da Marvel Vingadores – A cruzada das crianças, que contém imagens de personagens do mesmo sexo se beijando e trocando carícias. Sob a hipócrita e ignorante justificativa de proteger as crianças – o livro é para adultos –, ordenou, ainda, que fiscais fossem ao Riocentro, local onde ocorre o evento, para intimidar autores, editoras e leitores.

Essa ação se insere no contexto de seguidas investidas de Bolsonaro e seus seguidores ao pensamento livre, às universidades e à educação pública, aos LGBTs, negros, mulheres e indígenas.

As Edições Iskra, editora comprometida com a difusão e a apropriação do pensamento marxista revolucionário, que tem em seu catálogo livros que tratam de temas relacionados às opressões do capitalismo e que se coloca em pé de guerra contra qualquer forma de cerceamento do pensamento e de obscurantismo, repudia com veemência a tentativa de censura por parte de Marcelo Crivella à Bienal do Rio de Janeiro.

Pela liberdade de expressão, pela liberdade de pensamento, pela liberdade de todas as formas de amar, contra qualquer forma de censura e em defesa do pensamento crítico, nos levantamos.




Tópicos relacionados

Marcelo Crivella   /    Edições Iskra   /    Teoria

Comentários

Comentar