Internacional

ARGENTINA

Myriam Bregman voltou a exigir do Congresso o repúdio ao golpe institucional no Brasil

A primeira vez havia sido na semana passada. Hoje insistiu com uma moção de ordem para votar um repúdio ao golpe institucional.

quinta-feira 19 de maio de 2016| Edição do dia


Myriam Bregman volvió a exigir que el Congreso repudie el Golpe institucional en Brasil - YouTube

A primeira vez havia sido na semana passada. Hoje insistiu com uma moção de ordem para votar um repúdio ao golpe institucional que ocorre nesse momento no Brasil contra a presidente Dilma Roussef, assim como para manifestar a solidariedade da Câmara com os trabalhadores e o povo pobre desse país-irmão, que também resistem aos ajustes e ataques às suas condições de vida. A proposta de abrir o debate somou o apoio de 140 deputados da Frente para la Victoria, da Frente Renovador, dos Libres del Sur e outros blocos, e obteve o rechaço da aliança Cambiemos.

No Brasil, desde o MRT, fomos parte da oposição de esquerda ao governo do PT, mas não vamos deixar passar esse avanço da direita e por isso vamos continuar uma campanha nacional e internacional contra esse golpe que se oi propõe a aprofundar o ajuste e o entreguismo no país vizinho.




Tópicos relacionados

Impeachment   /    Internacional

Comentários

Comentar