Sociedade

NOTA DE FALECIMENTO

Morre o professor marxista Lucas Patschiki da UFG

Com imenso pesar comunicamos o falecimento do camarada Lucas Patschiki.

quarta-feira 4 de janeiro| Edição do dia

Lucas era (?! – é muito estranho dizer “era”) um jovem e brilhante professor/pesquisador. Era também um grande amigo, gentil, prestativo, uma pessoa do bem. Crítico e leitor atento, seja dos textos teóricos, das fontes e mesmo dos amigos. Pautava a sua vida com a postura crítica e coerente entre as suas referências teóricas marxistas e prática política, pessoal e musical.

Viva Marx! Viva o Rock! Viva a vida!
Lucas se graduou em História na UPG, já interessado na pesquisa sobre o fascismo, então de Plínio Salgado. No mestrado no PPGH UNIOESTE, defendeu em 2012 a dissertação orientada por Gilberto Calil intitulada “Os litores da nossa burguesia: O Mídia Sem Máscara em atuação partidária (2002-2011)”, fundamental para a o conhecimento das formas organizativas do fascismo e da extrema-direita no Brasil contemporâneo, a partir da análise do grupo liderado por Olavo de Carvalho. A sua dissertação, sobre tema original, apresenta também uma importante contribuição teórica e metodológica para a abordagem de fontes para a história imediata ou do tempo presente, em especial a partir da internet. Desde 2014 iniciou o seu doutoramento em História, com orientação de David Maciel no PPGH UFG, intitulado “A classe dominante brasileira em organização: O IMIL como aparelho privado de hegemonia (2005-2013)”. Prosseguindo na trilha inaugurada na busca da análise das formas de dominação da extrema-direita, desta vez se debruçava sobre o Instituto Milenium.

Companheiro em muitas atividades. Militante incansável. Professor da Unioeste. Membro atuante do Conselho Editorial da nossa Revista História e Luta de Classes. Ativo membro do nosso Grupo de Trabalho História e Marxismo na ANPUH. Como bom marxista, não temia críticas, gostava da polêmica e estava sempre disposto ao debate. Pessoa amável, solidária e sempre disposto a ajudar. Faleceu nessa madrugada, 02 de janeiro de 2017, vitimado por um AVC.

Enorme perda.
Enviamos um caloroso abraço à família, colegas e camaradas.
LUCAS PRESENTE!




Tópicos relacionados

Sociedade

Comentários

Comentar