Negr@s

VIOLÊNCIA POLICIAL

Moradores do Vidigal protestam contra assassinato de gari: polícia é suspeita

Ontem (22), um gari foi morto por tiros. Moradores acusam a polícia. Houve protestos hoje na comunidade.

terça-feira 23 de abril| Edição do dia

Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

Ontem, a favela do Vidigal, na zona sul do Rio de Janeiro, foi palco de mais uma tragédia: Willian de Mendonça Santos, gari, que morava e trabalhava na própria comunidade, foi morto após voltar do trabalho, quando ia buscar seu filho.

Apesar dos policias afirmarem que estavam trocando tiros com traficantes e já terem encontrado Willian baleado, segundo moradores, a polícia que matou o gari:

Ele tem um filho doente e não encontrou o filho em casa. Saiu com a roupa de gari, porque nem a roupa de gari ele trocou, desceu as escadas falando que era morador, que ia buscar o filho e mesmo assim os policiais atiraram nele

No fim da tarde, os moradores protestaram pedindo justiça por Willian. Mesmo no protesto não conseguiram paz, pois o mesmo foi seguido de perto pelo batalhão de choque.

A polícia informou que apreendeu as armas dos policias envolvidos para perícia. O caso acontece poucas semanas após o assassinato do músico Evaldo Rosa dos Santos pelo exército, com 50 tiros. Essa situação só tende a se agravar com o pacote anti crime de Moro e Bolsonaro e com a política de Witzel!




Tópicos relacionados

Rio de Janeiro   /    violência policial   /    Rio de Janeiro   /    Negr@s

Comentários

Comentar