Economia

SUPERSALÁRIOS DOS EXECUTIVOS

Mineradora Vale paga R$60 milhões por ano para executivo

Enquanto metade dos brasileiros vive com menos de 1 salário mínimo, executivos das maiores empresas, como Vale e Itaú Unibanco, ganham supersalários de milhões.

terça-feira 26 de junho| Edição do dia

O executivo mais bem pago do país em 2017 foi Murilo Ferreira, ex-presidente da mineradora multinacional Vale. Ele recebeu quase R$ 60 milhões no ano conforme informações divulgadas pela companhia. Murilo Ferreira saiu da Vale no começo deste ano, e mesmo descontados os adicionais relacionados ao chamado pacote de saída, são quase dois terços do total pago a Ferreira, a Vale pagou a segunda maior remuneração do país, perdendo somente para o Itaú Unibanco que pagou R$ 72,9 milhões.

O Itaú, que lucrou R$ 24 bilhões, é o que tem a maior remuneração, mas também onde ela mais varia de um ano para o outro. Em 2016, o maior salário anual no banco foi de R$ 72 milhões, quase 80% maior que o informado para 2016. Mesmo assim, comparado a outras instituições do mesmo porte, o executivo mais bem pago do Itaú recebeu quase três vezes mais que o do Bradesco, que faturou R$ 15,9 milhões no ano, e 23 vezes mais que o do Banco do Brasil.

Enquanto metade dos brasileiros sobrevive com menos de um salário mínimo, que hoje é de R$ 954, os cargos de alto escalão dos bancos faturam milhões. O rendimento domiciliar por pessoa médio do brasileiro no ano de 2017 foi de R$ 1.268, ou seja, em um ano a renda domiciliar média teria sido de cerca de R$15 mil segundo o IBGE, cerca de 4 mil vezes menor do que dos executivos da Vale e quase 5 mil vezes menor do que do executivo mais bem pago pelo Itaú.




Tópicos relacionados

Vale    /    Itaú   /    salário mínimo   /    Economia

Comentários

Comentar