Gênero e sexualidade

POESIA

Meu dia é todo dia

Vanessa Oliveira

Professora do ABC

terça-feira 8 de março de 2016| Edição do dia

Não quero rosa,
Quero o seu respeito.
Não quero ser sexo frágil,
Quero ser dona do meu corpo e decidir o que fazer dele e com ele.
Não quero ser princesa,
Pois no meu conto de fadas a cada 5 minutos 2 mulheres são espancadas.
Não quero seu emprego,
Quero que meu direito e condição de trabalho seja igual ao seu.
Não quero emagrecer,
Quero me sentir bem comigo mesmo.
Não quero cantadas,
Quero andar na rua sem ser amedrontada pelo seu machismo que me enxerga como objeto.
Não quero me calar,
Quero lutar, quero participar ativamente daquilo que diz respeito ao que sou.
E o que eu sou?
Isso será construído a cada dia, pela minha luta contra essa mulher perfeita imposta por você.




Tópicos relacionados

Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar