Mundo Operário

METRÔ DAS OLIMPÍADAS

Metroviários do Rio, em estado de greve, podem paralisar nas Olimpíadas

Em assembléia realizada nesta quarta-feira, os metroviários do RJ decidiram por entrar em 'estado de greve'. A categoria, que está com a Data Base em aberto desde maio, não teve suas reivindicações atendidas pelas empresas MetrôRio e MetrôBarra.

sexta-feira 29 de julho de 2016| Edição do dia

Os trabalhadores defendem um aumento de cerca de 9,83%, melhora no plano de saúde e uma definição mais clara sobre a escala de folga e de trabalho, especialmente na época da Olimpíada. A proposta da patronal até agora é de 5% de aumento.

Na semana que precede as Olimpíadas na cidade, a categoria busca pressionar os patrões a cederem frente as suas demandas. Terão uma das tarefas mais árduas durante o evento, transportando um número absurdamente acima do cotidiano.

As escalas de trabalho serão modificadas especialmente para atender a demanda, porém nem esclarecidos sobre tal jornada foram os metroviários já sobrecarregados.

No final desta quinta (28), estão em reunião de negociação entre trabalhadores e patronal sobre as reivindicações. Como já indicado, caso não atendidos, poderão paralisar as atividades a partir da 00:00hs de 04/08, às véspera dos jogos olímpicos.




Tópicos relacionados

Greve   /    Olimpíadas   /    Rio de Janeiro   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar