Mundo Operário

SOLIDARIEDADE INTERNACIONAL

Metroviários de SP declaram apoio à luta no Chile

sábado 26 de outubro| Edição do dia

Em assembleia realizada ontem, dia 24, os metroviários de SP prestaram solidariedade à luta protagonizada pelos estudantes e trabalhadores do Chile que estão a uma semana em luta contra o governo de Piñera, contra a precarização da vida, resistindo contra o assassino toque de recolher imposto pelo governo que já resultou em 20 mortos na última semana. Os chilenos sofrem a anos com a privatização dos serviços públicos como saúde e educação e com um sistema previdenciário que faz com que a população trabalhe até morrer em precários serviços (sistema de previdência este que é muito reivindicado por Paulo Guedes, Ministro da Economia, aqui no Brasil).

Os metroviários de SP mandaram uma foto para os companheiros em luta do Chile com os dizeres "TODO APOIO À LUTA DO POVO DO CHILE! CONTRA PIÑERA E A HERANÇA DE PINOCHET". A classe operária é uma só, e não tem fronteiras! Façamos nós, brasileiros, como no Chile contra os ataques de Bolsonaro e os golpistas.

Acompanhe tudo sobre o processo de luta do Chile aqui.





Tópicos relacionados

Sebastián Piñera   /    Internacionalismo   /    Chile   /    São Paulo (capital)   /    Mundo Operário   /    Internacional

Comentários

Comentar