Educação

PROFESSORES DE SÃO PAULO

Mesmo com chuva Professores Municipais de SP fazem boa assembléia

Nessa sexta feira , 26 de fevereiro, os trabalhadores em educação da rede municipal de São Paulo deram início a campanha salarial 2016, com uma paralisação que se fez forte em varias regiões da cidade, demonstrando disposição de ir a luta.

sábado 27 de fevereiro de 2016| Edição do dia

Mesmo com ameaça de chuva forte, que se confirmou no fim da assembléia, cerca de 2200 trabalhadores compareceram em frente a Prefeitura , no centro da cidade, para realizar assembléia e pressionar a prefeitura Ptista de Fernando Haddad a apresentar proposta referente a salário e demais demandas.

A gestão de Haddad, que se encerra esse ano, não apresentou nenhuma melhora significativa, e agora em época de crise econômica queda de arrecadação, tal qual, e a presidente Dilma, bem como governador Geral Alckmin e seu colega carioca, tentam descarregar nas costas dos servidores a conta da crise, que nós não criamos e nem nos beneficiamos.

Nesse sentido os professores da rede estadual do Rio de Janeiro, e provavelmente os demais servidores cariocas, votaram greve para geral para a próxima semana. Na assembléia de hoje os servidores votaram nova assembléia para a próxima sexta, onde teoricamente se iniciaria a greve, caso o governo não responda as reivindicações. Assim, é mais que necessário, a unificação das lutas de todos os servidores que no Brasil inteiro enfrentam os planos de ajuste econômicos, que visam, gerar superávit para pagar mais juros aos banqueiros.

Assim sendo, a CSPConlutas que possui peso de direção no SEPE RJ e uma histórica oposição no Sinpeem tem a obrigação de organizar uma forte campanha em apoio a essas greves de funcionalismos que estão explodindo em todo território nacional. Porém isso não basta. É preciso que construamos uma nova pratica sindical, onde os comandos eleitos na base, em cada região e local de trabalho dirijam para valer a luta, passando por cima das burocracias do Sinpeem e dos sindicatos de servidores cariocas. É nessa perspectiva que Esquerda Diário estará divulgando e apoiando esses combates da classe trabalhadora brasileira.

Foto: Gabriela Biló - 26/06/2016 - Estadão Conteúdo




Tópicos relacionados

Educação   /    Professores

Comentários

Comentar