Cultura

CULTURA

Memórias do Fogo: se a chama se organiza o que é que ocorre?

Comentários sobre novo trabalho da banda carioca El Efecto, "Memórias do Fogo"

quarta-feira 7 de março| Edição do dia

Em meio a continuidade do golpe institucional, no Rio, essa serpente já se põe a silenciar as comissões da verdade que possam surgir das armas e botas ensanguentadas da intervenção federal, nossos sangue trabalhador e negro, mas com Leminski escreveu:

“En la lucha de clases
todas las armas son buenas
piedras
noches
poemas”

A banda carioca El Efecto nos arma com seu novo trampo Memórias do Fogo (https://www.youtube.com/watch?v=mI9vuhcaNoM&t=1s):

“Quer nada…
Se tu quisesse paz, tu ia querer também a liberdade, mas tu treme só de pensar
Tu prefere o controle dos corpos
Se quisesse paz, ia querer também ficar em silêncio, mas tu é tiro, é porrada e é bomba
É tanque de guerra na praça
Tu quer é calar o outro, pra tua voz se destacar ainda mais
Tu quer ter mais que o outro, às custas do outro e quer que o outro não reclame
A tua paz, doutor, é pisar no de baixo e não ouvir o grito”

No endereço eletronico www.elefecto.com.br é possivel também conhecer os corres anteriores, já são 16 anos de caminhada que neste quinto álbum samba, nordeste, rock, latino america e luta de classes seguem se encontram, tão bonito e bem feito, acessível nas palavras:

“Haja coragem!
O fogo, ele agoniza mas não morre
Aja! Coragem!
Se a chama se organiza o que que ocorre?
Reaja! Coragem!
O fogo, ele agoniza mas não morre não
Haja coragem!”




Tópicos relacionados

Cultura

Comentários

Comentar