Mundo Operário

PARALISAÇÃO DIA 15

Manifestação histórica dos trabalhadores de Caxias do Sul contra a reforma da previdência

quarta-feira 15 de março| Edição do dia

Cerca de 10 mil trabalhadores tomaram as ruas de Caxias do Sul contra a reforma da previdência do golpista Temer. Com grande adesão de metalúrgicos (Caxias é um grande polo metal-mecânico), além de professores, trabalhadores do correios, comerciários e bancários mostraram sua força em uma mobilização histórica, desafiando a reforma de Temer.

Caxias seguiu o exemplo do restante do país com os trabalhadores na rua contra a reforma da previdência, em sintonia com as ruas lotadas das capitais do país, e em centenas de cidades com concentrações de trabalhadores aonde aconteceram paralisações e manifestações contra a reforma da previdência.

Esta manifestação foi encabeçada pela CUT e CTB. Nós do Esquerda Diário nos somamos aos trabalhadores neste exigindo que as centrais sindicais construam assembleia de base para haver um verdadeiro plano de luta contra os ataques. Achamos que a força da mobilização em Caxias mostrou que além de necessário, é possível com a força da mobilização barrar os ataques de Temer. O 15M é só o começo da batalha que os trabalhadores terão que travar contra os ajustes!




Tópicos relacionados

Caxias do Sul   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar