Política

LAVA JATO

Mais um corrupto do PSDB livre: STF arquiva processo de Bruno Araújo na Lava Jato

Ex-ministro das Cidades e Deputado Estadual Bruno Araújo (PSDB-PE) acusado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro na Lava Jato tem seu inquérito arquivado pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Dias Toffoli. Para o ministro do STF, sujeito de mais uma ação seletiva de impunidade, faltam provas.

segunda-feira 2 de julho| Edição do dia

Em abril de 2017 com base nas delações de executivos da Odebrecht um dos colaboradores afirmou que a empreiteira repassou ao deputado R$ 600 mil a título de doação eleitoral em 2010 e em 2012. Em troca, o congressista teria atuado em favor da companhia no Congresso.

“O presente inquérito perdura por prazo significativo, com prorrogações sucessivas, sem que tenham aportado nos autos elementos informativos que se possa considerar elementos de corroboração às declarações dos colaboradores, ou provas outras”, disse Toffoli.

“As investigações pouco ou nada avançam e, apesar de todos os esforços envidados nesse sentido, não se vislumbra justa causa a ampará-las”, diz outro trecho da decisão.

A decisão é de 6ª feira (29.jun). No mesmo dia, o ministro Gilmar Mendes também mandou arquivar investigações contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Um verdadeiro absurdo, que desmascara ainda mais a seletividade do judiciário e seus interesses políticos

Dias Toffoli faz parte da casta de juízes que estão entre os mais privilegiados do mundo. Ministros como Dias Toffoli recebem quase 40 mil reais em salário além de variados benefícios. No Brasil os maiores gastos mundiais é com o sistema judiciário. Juízes que nunca foram votados pela população que estão a serviço dos patrões para explorar os trabalhadores. Para nós reformas antioperárias, para esta casta, privilégios e panos quentes, e manobras de impunidade a quem convém.

Dias Toffoli, que além de livrar os seus, está envolvido em escândalo de corte de ponto de trabalhadores da Educação da Rede Municipal de Contagem. Um verdadeiro absurdo, enquanto a crise Capitalista é descarregada nas costas da classe trabalhadora, vemos a podridão que é a casta política aliada com o judiciário nesse país.




Tópicos relacionados

PSDB   /    STF   /    "Partido Judiciário"   /    Operação Lava Jato   /    Política

Comentários

Comentar