Política

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Maia reunirá líderes de bancadas neste sábado para articular votação da reforma

Após aprovação na comissão especial, agora o objetivo de Maia é iniciar discussões da proposta no plenário para a sessão da próxima terça-feira (9).

sexta-feira 5 de julho| Edição do dia

Nesta sexta-feira (5), o presidente da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia, declarou que pretende reunir “três, quatro líderes” neste sábado (6) para começar articular a votação da reforma no plenário.
Maia ainda afirmou que a reunião deste sábado terá como objetivo, para além de articular a votação, também contar os votos favoráveis no plenário.

A reforma para ser aprovada precisa obter 308 votos (dentre 513 deputados), em duas votações. O presidente da Câmara espera a presença de 495 a 500 parlamentares na Câmara na semana que vem, para garantir que a reforma obtenha o aval dos parlamentares.

Para o ministro-chefe da casa civil, Onyx Lorenzoni, articulador do governo, a aprovação da proposta em plenário deve se dar já na terça-feira (09) da semana que vem, ainda em primeiro turno. Isso facilitaria o andar da reforma, pois ficaria já para o início do segundo semestre a votação na CCJ do senado.

Tais declarações deixam evidente que, apesar dos fortes atritos entre governo, o congresso o próprio STF, esses setores agora se unificam pela tramitação da reforma da previdência, que tem como objetivo descarregar a crise capitalista nas costas dos trabalhadores, nos fazendo trabalhar até morrer.




Tópicos relacionados

Governo Bolsonaro   /    Rodrigo Maia   /    Reforma da Previdência   /    Política

Comentários

Comentar