Negr@s

RACISMO JUDICIÁRIO

Mãe de Rafael Braga explica as circunstâncias das prisões racistas de seu filho

Veja depoimento de Adriana Braga, mãe de Rafael Braga, jovem negro que já foi duas vezes preso de forma completamente racista e arbitrária, demonstrando explicitamente a serviço de que está a polícia e o poder judiciário em nosso país.

quinta-feira 16 de fevereiro| Edição do dia

Rafael Braga foi preso em junho de 2013 durante as manifestações que sacudiram o país. Em meio a 60 detidos, ele era o único negro e pobre, e foi forjado para ele um flagrante: por portar um frasco de Pinho Sol, foi transformado em "terrorista".

Alguns anos depois, em liberdade condicional por seu "crime", um novo flagrante forjado levou Rafael novamente para trás das grades. A luta por sua libertação continua, e é uma luta de todos os que se colocam contra o racismo institucional do Estado. Veja sua mãe, Adriana Braga, falar sobre as circunstâncias de sua prisão:




Tópicos relacionados

Poder Judiciário   /    Racismo   /    Violência Policial   /    Negr@s

Comentários

Comentar