Política

MBL E SUA PATRULHA IDEOLÓGICA DIREITISTA

MBL tenta censurar debate sobre revolução russa em universidade católica de Pernambuco

quinta-feira 5 de outubro| Edição do dia

Nem a Universidade Católica de Pernambuco escapou da patrulha ideológica da direita mirim do MBL. O movimento ficou "de cabelo em pé" ao ver que o DCE e a Associação dos Docentes da Universidade Católica de Pernambuco promoverão um evento em homenagem ao centenário da revolução russa e decidiu tentar apelar à censura mais uma vez.


Cartaz do evento

Em sua página no Facebook, o MBL pernambucano disse:

"Será que já esqueceram do genocídio contra os católicos na URSS e países do Leste europeu? Como uma instituição católica pode se submeter a isso?
Esse evento sendo celebrado na Unicap é como se um filho fosse para o aniversário do assassino de seus país!"

O mais absurdo, contudo, é que os jovens reacionários disseram que "vão contar tudo pro papa" para impedir que o evento ocorra:

"Atualização: Estamos estudando uma nota de repúdio ao arcebispo, com ameaça de envio de denúncia formal a Roma”

A Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), respondeu em nota (veja abaixo) em que defendem a sua liberdade institucional e dizem que não irão "ficar refém de movimentos que ignoram a nossa missão de instituição universitária autônoma".

Sim, chegamos ao ponto de que os "liberais" do MBL estão se posicionando à direita da Igreja Católica e querem "contar tudo pro papa" para tentar censurar um debate dentro de uma universidade. Depois dos episódios de censura e protestos contra exposições e peças de teatro não é de surpreender a atitude do MBL, que tem mostrado que mesmo o título de "liberal" está se mostrando injustificadamente esquerdista para rotular os garotos da "tradição, família e propriedade" que pretendem ser "mais católicos do que o papa". Eles responderam à nota da Unicap em nova postagem:

Todo nosso apoio ao DCE e à Associação de Docentes da Unicap, e à universidade que se colocou a enfrentar a tentativa de censura do MBL. A revolução russa é patrimônio de todos os trabalhadores, dos explorados e oprimidos, e a cada "esperneio" dessa direita juvenil temos que redobrar nossos esforços em fazer com que a história de nossa luta seja conhecida em cada canto do país e do mundo. A revolução russa é nosso exemplo de como jogar na lata de lixo da história grupelhos como o MBL. Não à censura




Tópicos relacionados

Censura   /    100 anos da Revolução Russa   /    MBL   /    Revolução Russa   /    Política

Comentários

Comentar