Política

Luciano Huck no Faustão: retomada de um candidato da Globo à presidência?

Chico Nery

Professor da rede pública de Campinas

terça-feira 9 de janeiro| Edição do dia

O papel de influência direta da rede Globo na política brasileira, defendendo os interesses da elite econômica nacional e imperialista é um fato. Seja nos tempos da ditadura militar, seja nessa democracia cada vez mais esfacelada. A emissora teve mais um capítulo dessa história no último fim de semana. Uma entrevista bastante longa, com o apresentador Luciano Huck, possível pré-candidato à presidência do país, durante o "Domingão".

Com indas e vindas, Luciano deixa no ar se seguirá ou não esse caminho. Em diálogo com Faustão, ao lado de Angélica, respondendo as pessoas que lhe faziam perguntas da rua, Luciano buscou em horário nobre e privilegiado, canalizar o sentimento anti-política da população diante da crise brasileira. O amigo de Aécio, Cabral, Eduardo Paes, Joesley e Eike, é apresentado como a nova cara da política brasileira para o país.

Como mínimo, buscando sondar espaço e testar alcance, a rede Globo deu uma cartada cirúrgica no domingo. Não dedicou tempo para que Luciano se posicionasse sobre a Reforma Trabalhista ou Previdenciária, ataques que irão acabar com os direitos dos trabalhadores brasileiros, as tais “reformas necessárias” dos patrões, que Luciano e a Globo apoiam e fazem campanha, ora aberta e ora velada. A mesma Globo, que transmitia em clima de copa do mundo os atos pelo impeachment, agora tenta se “descolar” do desgaste de Michel Temer decorrente da retirada de direitos. Enquanto isso, em sua concorrente, o SBT, Silvio Santos e seus apresentadores como Ratinho tornam-se garotos propagandas da reforma da previdência do governo e abrem espaço(muito bem pago) ao presidente golpista. Uma mídia que teve enormes lucros durante os 4 governos petistas, que em nada alteraram o controle da informação e a democratização dos meios em um país cujos monopólios exercem enorme influência por todo o país.

O abuso de poder explícito levado adiante pela emissora, Luciano Huck e Faustão foi questionado em representação movida pedindo investigação de crime eleitoral no Tribunal Superior Eleitoral pelo deputado Paulo Pimenta(RS) e o senador Lindbergh Farias(RJ), ambos do PT.




Tópicos relacionados

Luciano Huck   /    Política

Comentários

Comentar