Mundo Operário

PARALISAÇÃO NACIONAL ARGENTINA

Jornais da Globo exibem forte coluna do PTS na paralisação nacional argentina

A forte coluna do PTS na paralisação nacional na Argentina de ontem apareceu não apenas em diversas mídias argentinas como também rompeu o cerco midiático no Brasil, aparecendo em todos os jornais da Globo.

terça-feira 26 de junho| Edição do dia

O terceiro dia de paralisação nacional realizado na Argentina nesta segunda-feira, 25, teve adesão massiva de categorias e se fez sentir por todo o país em resposta aos ataques que o governo Macri tem promovido aos trabalhadores, especialmente em escalada após acordo realizado com o FMI.

O chamado à paralisação veio após uma longa trégua concedida ao governo pelas direções burocráticas dos sindicatos, alinhadas ao peronismo.

Apesar de a CGT chamar a medida sem continuidade e também sem mobilização, a combatividade nas ruas com bloqueios de rodovias, avenidas e ruas por todo o país conseguiu romper o cerco da mídia não só na Argentina mas também no Brasil, tendo aparições em todos os jornais da Globo, que teve que mostrar a forte atuação dos trabalhadores e da esquerda, com forte protagonismo do PTS (Partido dos Trabalhadores Socialistas), como parte da FIT (Frente de Esquerda dos Trabalhadores, na sigla em espanhol). O bloco teve aparição no Jornal Nacional, no G1, GloboNews, O Globo.

A principal figura da esquerda argentina, Nicolás del Caño (PTS/FIT), declarou: "nos manifestamos para que esta paralisação seja um verdadeiro ponto de partida a um plano de luta contra os ajustes do governo, para a reabertura das datas-base, o fim dos tarifaços contra a população, coisa que a CGT [burocracia sindical] não defende."

Essa contundente paralisação nacional tem todo o apoio de trabalhadores no Brasil, que passam por medidas draconianas de ajuste do governo golpista de Temer, que teve seu caminho preparado pelos ajustes do governo Dilma Rousseff e do PT. Um triunfo dos trabalhadores na Argentina certamente fortalece a luta da classe trabalhadora brasileira contra a direita, os golpistas e os empresários.




Tópicos relacionados

Paralisação Nacional Argentina   /    PTS   /    Argentina   /    Mauricio Macri   /    Fundo Monetário Internacional - FMI   /    Frente de Esquerda e dos Trabalhadores (FIT)   /    PTS na FIT   /    Mundo Operário   /    Internacional

Comentários

Comentar