Sociedade

FALTA DE MORADIAS

Incêndio destrói favela e deixa 200 pessoas desabrigadas na Zona Norte de São Paulo

Mais uma vez famílias em situação de vulnerabilidade são vítimas de um incêndio, fruto da precariedade das condições de moradia a que tem de se submeter.

segunda-feira 2 de julho| Edição do dia

Na noite de ontem (01), um incêndio na zona norte de São Paulo destruiu 69 barracaos e deixou 200 pessoas desabrigadas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, não houve feridos. As chamas começaram pouco antes das 20h, na Rua Antonio dos Santos Neto, perto da Avenida Zaki Narchi, e foram controladas às 21h.

Ainda de acordo com os bombeiros, o fogo atingiu uma área de mata e de barracos, atrás do conjunto de prédio Singapura.

Esta tragédia mais uma vez demonstra como a precariedade das condições de habitação a que são submetidas as pessoas em situação de maior vulnerabilidade social leva a que estejam expostas a ocorrências como essas: incêndios, desmoronamentos, inundações. É papel do Estado garantir o acesso das pessoas a moradias dignas, para que tragédias tõ frequentes quanto essas não se repitam.




Tópicos relacionados

Incêndio   /    Moradia   /    Sociedade   /    São Paulo (capital)

Comentários

Comentar