HISTÓRIA DA CLASSE TRABALHADORA NO Brasil / O POVO NEGRO / Parte II de III /

Imperdível: um padeiro revolucionário nos marcos da origem negra do proletariado brasileiro

Gilson Dantas

Brasília

domingo 30 de dezembro de 2018| Edição do dia

[Imagem: trabalhadores século XIX - Brasil]

É fora de questão – o que pode ser conferido no relato abaixo – o poder explicativo que a trajetória de vida de um padeiro de Santos possui para explicitar e dar forma à evolução das lutas e fases de organização das lutas do proletariado negro no Brasil do século XIX.

Outros elementos dessa segunda parte da palestra, disponível abaixo, serão: a narrativa da força de trabalho escrava ao longo daqueles séculos, incluindo lutas como a de Tiradentes [de frações da elite local] e a chegada da Corte portuguesa no Brasil na década de 1820 e seu impacto no perfil da classe trabalhadora.

Além do processo de industrialização tardia brasileira, quando a Europa já dava passos de gigante na construção de indústrias.

O fato de a esquerda não reivindicar o legado político do proletariado e suas lutas no século XIX é problematizado e reivindicado para os nossos dias.

Começando pelo exemplo do próprio João Mattos, que lutava pelos brancos e pela alforria dos trabalhadores negros, escravos, em um mesmo movimento.
Caso lhe interesse, o vídeo está disponível aqui:




Tópicos relacionados

classes sociais   /    classe trabalhadora   /    história do Brasil    /    negras e negros   /    História do povo negro   /    Movimento Negro

Comentários

Comentar