Gênero e sexualidade

LGBT PUC RIO

I Semana de Gênero e Sexualidade na PUC-Rio

domingo 14 de maio| Edição do dia

Já se imaginou sendo agredida(o) apenas por ser quem você é? E por abraçar, beijar e demonstrar carinho por alguém que você ama? Pois é... a população LGBT+ já! Somam-se a isso o enorme despreparo policial para lidar com estas questões, a falta de políticas públicas e legislação que tratem desse tipo de agressão, a tentativa de barrar essas discussões no ambiente escolar (“Escola Sem Partido”), a perseguição por igrejas neo pentecostais, bem como a ignorância e o preconceito por grande parte da sociedade cisheteronormativa em que vivemos.

Cabe ressaltar que é muito comum que, na sociedade capitalista – portanto, cruel – na qual vivemos, diferenças sejam transformadas em desigualdades. Assim acontece, por exemplo, com toda e qualquer minoria social – e não numérica –, pois a estes grupos sempre fica destinado o lugar do preconceito por não terem as características dos historicamente dominantes e exploradores como, por exemplo, ser homem, branco, burguês, cisgênero e heterossexual.

Dados da Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República (SDHPR) mostram que a cada uma hora um(a) LGBT+ sofre algum tipo de violência no Brasil. Em 2015, o Disque 100, número pelo qual devem ser feitas denúncias referentes às violações dos Direitos Humanos, foi acionado 1.983 vezes para relatos de denúncias contra a população LGBT+, o que corresponde a um aumento de 94% em relação a 2014.

Por tudo isso, e muito mais, o Coletivo Madame Satã – em articulação com o Movimento Alis e o DCE Raul Amaro PUC-Rio Gestão Renova – realizará em maio de 2017, do dia 15 ao 19, a I Semana de Gênero e Sexualidade na PUC-Rio. Nela, busca-se proporcionar a todas(os) as(os) participantes espaços de integração e reflexão acerca das temáticas presentes nas relações cotidianas e que tangem à diversidade de gênero e sexual da sociedade.

O Coletivo Madame Satã conta com a participação de professoras(es), estudantes universitárias(os) e secundaristas, ONGs, sindicatos, parlamentares e outros coletivos para organizar esse evento de grande importância para o conhecimento, para a consciência e para a luta. Contamos ainda com o apoio do Coletivo Nuvem Negra, PIBID de Sociologia PUC-Rio, PET de Geografia PUC-Rio, Cine Opinião, Departamento de Geografia e Meio Ambiente da PUC-Rio e Departamento de Ciências Sociais da PUC-Rio.

Estamos também em meio a uma campanha, juntos ao DCE Raul Amaro PUC-Rio Gestão Renova, para arrecadação de alimentos não perecíveis para a CasaNem Mesquita. Confira no link abaixo a programação da semana, colabore com nossa campanha e venha nos prestigiar!

Programação: https://web.facebook.com/events/263268507468517/

Coletivo Madame Satã
[VÍDEO DO ATOR LÁZARO RAMOS, INTÉRPRETE DE MADAME SATÃ, CONTANDO COMO FOI INTERPETAR ESTE PERSONAGEM]:




Tópicos relacionados

LGBT   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar