Gênero e sexualidade

MACHISMO

Homem é preso após ameaçar fazer igual a Chacina de Campinas contra sua ex-esposa

sexta-feira 6 de janeiro| Edição do dia

Nesta quarta-feira (4), um morador de São Paulo, Jaboticabal, Rodrigo Nomura Guerreiro, de 43 anos, foi preso após uma série de ameaças de morte contra duas juízas e uma promotora. O homem de 43 anos está em disputa judicial contra a ex-mulher pela guarda do filho e escreveu em seu perfil em uma rede social que repetiria a chacina ocorrida em Campinas durante a virada do ano.

A polícia de Jaboticabal foi acionada e encontrou Rodrigo em casa, no bairro Jardim São Marcos, no momento em que fazia a última ameaça no Facebook. Além das profissionais que atuam no Fórum, ele também ameaçou a ex-mulher porque ela teria saído do País levando o filho do casal, de 10 anos. O suspeito foi preso em flagrante. Ele responderá pelos crimes de injúria, ameaça e coação no curso do processo, quando se intervém em processo judicial utilizando violência ou ameaça.

O caso de Rodrigo escancara que a apesar do ano estar só começando, a violência machista segue crescendo. Que mesmo os casos mais escandalosos e aterrorizantes como a Chacina de Campinas que deixou 11 mortes e levou centenas as ruas contra a violência machista em Campinas na noite de ontem (5) não são fatos isolados, mas é o último elo de uma cadeia de opressão que naturaliza o feminicidio.




Tópicos relacionados

Machismo   /    Violência contra a Mulher   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar