Política

ANO LETIVO ADIADO

Governo do PT em MG adia início do ano letivo nas escolas e quer que educação pague a conta

Flavia Valle

Professora, Minas Gerais

sexta-feira 5 de janeiro| Edição do dia

Professores são revoltados nas redes sociais. Isso porque o governo de Fernando Pimentel do PT não esperou nem acabar a primeira semana de 2018 para anunciar mais um ataque à educação além de seguir sem pagar o 13° salário dos educadores.

Em resolução de n°3652, que veio a público nessa sexta feira, a Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais adiou o ano escolar previsto para o dia 01 de fevereiro para o dia 15 de fevereiro. Isso significa que o governo petista de Fernando Pimentel vai deixar de pagar metade do salário no mês de fevereiro para os professores designados, além das extensões dos efetivos.

O Secretário de Estado do governo, Odair Cunha, disse que governar é fazer escolhas. Não nos espanta que o atual governo está fazendo suas escolhas cortando da educação enquanto as grandes empresas e mineradoras seguem tendo isenções de impostos bilionárias em Minas Gerais.

Exigimos o pagamento já do 13° salário pelo governo do PT e um imediato plano de lutas do SindUTE para fazer uma ampla organização que unifique a luta contra o governo golpista de Temer numa luta em comum contra os ataques do petistas no estado de Minas Gerais.

Veja a seguir a nota publicada pelo sindicato da categoria, SindUTE, em repúdio a mais esse ataque na educação:

http://www.sindutemg.org.br/novosite/conteudo.php?MENU=1&LISTA=detalhe&ID=9750




Tópicos relacionados

Minas Gerais   /    Nossa Classe Educação   /    Educação   /    Política

Comentários

Comentar