Economia

PRIVATIZAÇÕES DE TEMER

Governo entra com ação no STJ para retomar projeto de privatização da Cemig

terça-feira 29 de agosto| Edição do dia

Como parte da ofensiva de privatizações e concessões sendo feitas pelo governo Temer, a AGU (Advocacia-Geral da União) entrou com um pedido no Supremo Tribunal de Justiça (STJ) para derrubar uma ação do Tribunal Federal Regional da 1ª instância (TRF-1), que suspendeu o leiloamento da Cemig, estatal de Minas Gerais, que iria ocorrer no dia 27 de Setembro.

A briga da Cemig com a União envolve a concessão de quatro usinas, as de Jaguara, São Simão, Miranda e de Volta Grande, que são foco de privatizações sob a desculpa do "ajuste fiscal", e que entraram nas previsões da equipe econômica do Governo para 2017, com arrecadação estimada de 11 bilhões.

Saiba mais: Mesmo contra a vontade da CEMIG, governo Temer irá leiloar 4 usinas à iniciativa privada

A ação movida pela estatal tem a intenção de subir o valor da empresa para o leilão, avaliando-a em 18 milhões, enquanto o Governo segue preocupado com o sucesso da privatização e dos "investidores que já manifestaram interesse" na operação. Para a equipe econômica a Ação da Cemig se baseia na expectativa de poder seguir operando usinas com contratos antigos contratos, já não válidos.

Com informações da Agência Estado.

Pode te interessar: Não à entrega da Eletrobras, é urgente retomar o caminho da greve geral




Tópicos relacionados

Minas Gerais   /    Privatização   /    Economia   /    Política

Comentários

Comentar