Sociedade

PARALISAÇÃO GARIS

Garis de Porto Alegre paralisam atividades por salários atrasados

Mais de 500 garis paralisaram suas atividades, desde o inicio desta quarta-feita (8), devido o atraso no pagamento de seus salários. A empresa responsável pelo repasse dos pagamento, Belém Ambiental (B.A. Meio Ambiente), disse que não recebeu o repasse da prefeitura para efetuar os pagamento.

quarta-feira 8 de fevereiro de 2017| Edição do dia

Desde às 7hs da manhã os trabalhadores cruzaram os braços e também impedem a saída de alguns caminhões que também fazem coleta de lixo domiciliar. Segundo a imprensa local, a empresa ainda não declarou nada, muito menos a prefeitura do tucano Marchezan. O DMLU, responsável pela gestão do serviço, afirma que a situação dos salários será resolvido até o dia 10, sexta-feira.

Um dos postos de trabalho mais precarizados, ainda tem que passar por atraso de salário. Tanto a empresa terceirizada, quanto a prefeitura, são culpados por esses atraso. Tudo é um grande reflexo da política de terceirização dos serviços públicos, que permite que trabalhadores fiquem sem seu salário.




Tópicos relacionados

Trabalho Precário   /    Greve   /    Porto Alegre   /    Terceirização   /    Sociedade   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar